Destino indutor de turismo, Corumbá busca fortalecer o setor

Escolhida pelo Ministério do Turismo um dos 65 destinos indutores do turismo do Brasil, Corumbá tem se preparado para fomentar o crescimento do setor, um dos pilares da economia local.

  
  
Capacitação sobre nova ferramenta on-line é promovida pelo Instituto Marco Brasil, parceiro do Ministério do Turismo

Escolhida pelo Ministério do Turismo um dos 65 destinos indutores do turismo do Brasil, Corumbá tem se preparado para fomentar o crescimento do setor, um dos pilares da economia local. Nesta quinta-feira (26), o grupo gestor do programa Indutor de Turismo no Município iniciou uma capacitação para se integrar a todos os polos turísticos do País e avaliar o desenvolvimento obtido em cada região.

“A partir de agora, todas as pessoas envolvidas nesse processo estão recebendo qualificação para a elaboração de projetos, captação de recursos e para utilização do novo modelo de comunicação do Ministério, o SGGI (Sistema de Gestão dos Grupos Indutores)”, destacou o superintendente de Turismo, José de Carvalho Júnior, da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal.

“Com esta ferramenta on-line, podemos entrar em contato direto com o Ministério do Turismo e com os outros 64 destinos”, explicou o superintendente. A capacitação é promovida pelo Instituto Marco Brasil, parceiro do ministério. “Nosso objetivo é retomar os trabalhos desenvolvidos pelo grupo e apresentar as inovações e as propostas para o setor”, disse o consultor Bruno Wendeling.

A capacitação termina amanhã (28). No fim desta semana, será feita uma visitação no Forte Coimbra e no Porto São Pedro. Ambos os locais estão incluídos na Travessia do Pantanal, um dos principais produtos trabalhados pelos gestores pantaneiros. Este e outros pacotes já estão sendo comercializados em todo o Brasil.

Fazem parte do grupo gestor dos destinos indutores a Superintendência de Turismo da Fundação de Cultura e Turismo do Pantanal, Sebrae, Senac, Acert, Agetrat, Secretaria Executiva de Meio Ambiente, Guarda Municipal, UFMS/Campus do Pantanal, Faculdade Salesiana de Santa Tereza, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, além de integrantes da rede hoteleira e de agências de viagem da região.

Fonte: Prefeitura Municipal de Corumbá

  
  

Publicado por em