Destinos brasileiros promovidos na América do Norte

Embratur leva atrativos turísticos brasileiros para uma das maiores feiras de turismo da América do Norte – a International Tourism and Travel Show 2011, no Canadá

  
  

Para intensificar a promoção dos destinos turísticos brasileiros no exterior, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) vai levar um pouco do Brasil para o Canadá, sede da feira International Tourism and Travel Show 2011-ITTS. O evento, que acontece de 21 a 23 de outubro, é considerado um dos maiores da América do Norte, com a presença de mais de 100 países e um público estimado em 39 mil pessoas. O foco da atuação é o aumento da comercialização de produtos turísticos brasileiros no mercado internacional, por meio da aproximação com o trade local.

Para o presidente da Embratur, Flávio Dino, o Canadá está inserido em um continente com grande representatividade para o turismo brasileiro, o que torna estratégica a presença do Brasil no evento. “Em 2010, recebemos mais de 700 mil visitantes norte-americanos, o que colocou o continente na terceira posição do ranking de emissores, responsável por 15% do receptivo.”

Ainda de acordo com Dino, apesar de o Canadá não ser um dos maiores emissores de turistas para o Brasil, o país é um importante emissor mundial. “Dados do World Travel Monitor, de 2009, mostram que 25 milhões de canadenses viajaram para fora de seu país, um número expressivo que demonstra o potencial desse mercado.” O gasto desses turistas também é um indicativo de destaque. “O canadense gasta, em uma viagem de longa duração ao Brasil, cerca de 1.540 euros”, destacou.

De acordo com a Demanda Turística Internacional, 64.188 turistas canadenses entraram no Brasil em 2010, o que classificou o país como o 18º emissor de turistas. A participação do Brasil na feira pode contribuir para aumentar a entrada desses turistas, uma vez que, segundo a organização do evento, visitar a Feira influenciou 55% do público na hora de escolher o destino da próxima viagem.

O espaço do Brasil na ITTS vai contar com a presença de técnicos da Embratur, além de representantes de empresas aéreas e operadoras de turismo.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em