Dicas e informações para que 2012 chegue em grande estilo

Para auxiliar turistas durante a sua viagem, o Ministério do Turismo (MTur) preparou o guia Viaje Legal, que oferece informações importantes

  
  

O Réveillon bate às portas... É tempo de renovação dos votos de paz, saúde, felicidade, harmonia e dinheiro no bolso. Mas se você ainda não decidiu onde você vai estar à meia-noite do dia 31 de dezembro, pode acabar esquentando a cabeça e perdendo dinheiro.

Ao mesmo tempo, se procurar com cuidado ainda há possibilidades de conseguir uma solução para terminar o ano e receber 2012 como um ano realmente novo.

Opções não faltam - entre viagens, festas fechadas e eventos abertos ao público. Na companhia de amigos, família ou até mesmo cercado por desconhecidos. Fique atento às informações e dicas que o Ministério do Turismo preparou para você.

Para auxiliar turistas durante a sua viagem, o Ministério do Turismo (MTur) preparou o guia "Viaje Legal", com informações e dicas importantes. De início, escolha sempre prestadores de serviços turísticos cadastrados no MTur.

Em relação a reservas em hotéis ou outros meios de hospedagem, sempre solicite confirmação por escrito, com informações sobre tarifa, horário do check-in, tipo de quarto, serviços oferecidos, forma de pagamento e regras de cancelamento. Procure saber se durante a viagem serão oferecidas opções de passeio ou serviços pelos quais você terá de fazer pagamento extra.

PRECAUÇÃO

Identifique sua bagagem, por dentro e por fora. Transporte joias, documentos, aparelhos eletrônicos e telefone celular na bagagem de mão. Se estiver transportando presentes, leve consigo as notas fiscais de compra. Exija que a empresa transportadora identifique sua bagagem com tíquete próprio, e que lhe dê um comprovante. Verifique os tipos de seguro disponíveis para contratação. Recomenda-se contratar seguro pessoal e de bagagem.

ATROPELOS

Sempre que seu voo atrasar ou for interrompido por mais de quatro horas, (em aeroporto de escala), a empresa aérea é obrigada a acomodá-lo em outro voo, da própria empresa ou de outra, dentro - em de quatro horas contadas a partir da hora do voo do qual foi preterido.

Se o passageiro aceitar viajar em outro voo no mesmo dia (após as quatro horas) ou no dia seguinte, a empresa, a fim de minimizar seu desconforto, ainda tem de proporcionar todas as facilidades, como refeições, telefonemas, transporte e acomodação, se for o caso.

QUALIDADE DE VIDA

Ao se hospedar em hotéis ou pousadas em áreas endêmicas para doenças transmitidas por mosquitos, como a malária, dê preferência para instalações com janelas e portas com telas e cortinados. Caso viaje para lugares onde o sol costuma brilhar forte, com calor intenso, use protetor solar, óculos de sol, roupas leves e arejadas e chapéu de aba larga.

DE CARRO

Em viagens de carro, não se esqueça da Carteira Nacional de Habilitação (original), do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (original ou cópia autenticada pelo Detran), além de documentos próprios para trailers e carretas. Leve a carteirinha e telefone do seguro. Para mais informações sobre transporte, bagagem e passagens; hospedagem, agências e guias; locação de veículos e cuidados com a saúde, consulte a página do Viaje Legal no site do MTur.

DESTINOS

No Brasil, cidades como Salvador, Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro e Florianópolis conquistaram a preferência de quem viaja no Réveillon, segundo a Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav). Os pacotes mais vendidos são os que apresentam roteiros integrados, com duração média de sete noites.

Os esforços empreendidos em torno dos 65 destinos indutores do turismo no Brasil são relevantes, mas ainda não alteraram substantivamente a procura por viagens para as cidades já consagradas, conforme levantamento da associação. As metrópoles e as tradicionais cidades do litoral permanecem como destinos de mais destaque.

A demanda por viagens para o Réveillon está aquecida, diz o presidente da Abav, Antonio Azevedo: “A nova classe média, que já representa a maior parcela da base de consumo do setor de viagens e turismo no País (58%), contribui com a previsão de aumento no movimento das viagens domésticas, de 11% a 12%, comparado a igual período anterior”.

Segundo Azevedo, o movimento nas agências de viagens cresceu significativamente: “A diversidade de opções de viagens contribui com o aumento da procura. Com as facilidades de pagamento e promoções tarifárias, cada vez mais o consumidor recorre aos serviços profissionais das agências de viagens, que proporcionam orientações técnicas especializadas, prestam assistência pós-venda e apresentam padrão de qualidade bem superior aos canais impessoais da internet”.

RIO DE JANEIRO:

Dezesseis minutos de fogos e dezenas de atrações musicais animarão a festa de cariocas e turistas que estiverem na maior festa de Réveillon do planeta, na praia de Copacabana. As vantagens em optar por passar a virada de ano em alguma praia são a gratuidade e a disponibilidade. No Rio de Janeiro, dois milhões de pessoas são esperadas todos os anos em Copacabana. Porém, em cima da hora fica mais difícil encontrar vaga na rede hoteleira.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes (SindRio), Pedro de Lamare, calcula que a ocupação dos hotéis e albergues da Zona Sul da cidade vai alcançar 100%; e 90% dos bares e restaurantes da orla que abrem na noite de Ano Novo já estão com reservas esgotadas: “Com o aumento da visibilidade da cidade, os pacotes de hospedagem foram fechados mais cedo este ano. No início de novembro já havia hotéis em Copacabana, Ipanema e Leblon praticamente lotados”.

Segundo o presidente da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (RioTur), Antonio Pedro Figueira de Mello, a crise na Europa pode levar à substituição do turista europeu pelo sul-americano, com crescimento do turismo interno: “O brasileiro vem se mostrando muito propenso a viajar. O turismo interno é visto como uma boa opção e oportunidade para conhecer nosso país. E o Rio de Janeiro se consolida como uma rota obrigatória”.

GARANTA A ALEGRIA

Para ver chegar o primeiro dia do Ano Novo com tranquilidade em uma destas superfestas, o produtor de eventos Marcelo Barki sugere que se pesquise sobre o evento, antes de comprar o ingresso: “Pesquise sobre a empresa que está produzindo a festa. Pergunte sobre o serviço de bufê e o cardápio oferecidos. Informe-se sobre segurança, conforto e localização. Avalie as atrações musicais da noite, seja banda ao vivo ou DJ. E, mais importante do que tudo: perceba se você simpatiza com o local do evento, pois este é um momento de alegria que merece muita harmonia pra começar o ano com vibrações positivas”.

E que todos tenham um Feliz Ano Novo!

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Mtur

  
  

Publicado por em