Dicas para ficar de bem com a saúde neste carnaval

Não é só a água que vai ajudar os foliões a pularem sem parar no carnaval deste. A água de coco e os isotônicos, que repõem os sais minerais perdidos no suor excessivo, também devem fazer parte do dia-a-dia dos foliões

  
  
“Bebeu água? Não! Tá com sede? Tô! Olha, Olha, Olha a água mineral..você vai ficar legal”

"Bebeu água? Não! Tá com sede? Tô! Olha, Olha, Olha a água mineral..você vai ficar legal”. A letra simples de Carlinhos Brown faz todo o sentido quando se fala de carnaval. Nesta época do ano é preciso ter pique para agüentar as verdadeiras maratonas dos blocos de rua.

Mas não é só a água que vai ajudar os foliões a pularem sem parar no carnaval. A nutricionista Leila Vasconcellos orienta que também pode ser utilizado como repositor mineral os isotônicos, comuns para quem pratica atividade física constantemente, além de água de coco. “A água de coco e os isotônicos repõem os sais minerais perdidos no suor excessivo, porque o primeiro possuí fósforo, cálcio, sódio, magnésio, glicose, proteína enquanto o isotônico tem carboidratos, sódio e potássio além de ter sabor agradável”, justifica ela.

E atenção turma da cervejinha. Fiquem despreocupados! Ela não está proibida. Mas deve ser ingerida com moderação. “O álcool na verdade desidrata. É sempre bom consumir água depois de beber qualquer bebida alcoólica”, explica a nutricionista, que também afirma que o ideal é que sejam consumidos pelo menos dois litros de água ao dia.

No entanto, se mesmo assim o folião acabar passando da conta, o carnaval ainda tem salvação. Para isso é preciso adotar uma dieta especial chamada detoxificação. “Nesta dieta é preciso comer cereais integrais (ricos em Vitaminas do Complexo B), frutas e vegetais da estação (possuem menor teor de agrotóxico), evitar enlatados e alimentos prontos, consumir de 20 a 30g de oleaginosas (como castanha de caju, castanha do Pará e nozes – todos sem sal) por dia, chá verde (rico em catequinas – ação antioxidante) e suco natural de frutas com clorofila”, recomenda Leila.

Fonte: Rio Guia Oficial

  
  

Publicado por em