Diga não, denuncie!

Feira da Abav reúne setores público e privado na indignação e na busca de soluções contra a exploração de crianças e adolescentes

  
  

A abertura da feira da Abav 2011 foi palco de um gesto de união para o enfrentamento da exploração de crianças e adolescentes. A apresentadora Xuxa, os ministros do Turismo, Gastão Vieira, da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, e o presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Carlos Alberto Amorim, assinaram um acordo que prevê a adoção de medidas para coibir essa prática criminosa nos equipamentos de turismo.

O ministro Gastão Vieira defendeu a interlocução com outras pastas para avançar nos assuntos relacionados ao turismo. Ele citou o Programa Turismo Sustentável e Infância, conduzido pelo Ministério, como uma das ações transversais do MTur quanto ao tema. “O Ministério do Turismo está trabalhando como interlocutor do setor turístico com a Esplanada: estamos em busca do fim da exploração sexual infantil junto à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República”, disse ele.

“Não vamos fechar os olhos e nem a boca. Denunciem!”, apelou a empresária Xuxa Meneghel, dona da fundação de mesmo nome, ressaltando a importância dos agentes de viagens na luta conta a exploração de crianças e adolescentes. Uma das ações previstas no pacto assinado na Abav é a distribuição de material informativo para estimular denúncias e adesões à causa.

“Temos que, além de fazer obras, construir estruturas sociais. Onde a exploração sexual se instala, morre a cultura e acaba a diversão”, afirma a ministra Maria do Rosário. Segundo ela, mais de 100 empresas já aderiram ao pacto para combater esse tipo de crime. Para o presidente da Abav, o empresariado do turismo tem importante contribuição a dar “denunciando e não pactuando com esta covardia”.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em