Está melhor fazer turismo no Brasil

A passagem de turistas pelo Brasil está cada vez mais agradável.

  
  

A passagem de turistas pelo Brasil está cada vez mais agradável. Na terceira edição do relatório anual do Fórum Econômico Mundial sobre a competitividade dos países no turismo, o Brasil subiu 14 posições entre 133 países desde 2007, quando o estudo começou a ser realizado.

Divulgada no início deste mês, a pesquisa mostra o Brasil no 45º lugar – em 2007, o país estava no 59º. Apesar de notas ruins nos itens segurança e infraestrutura, a posição no ranking melhorou com a diversificação dos roteiros de viagem, setor que movimentou US$ 88,2 bilhões e empregou 5,5 milhões de pessoas em 2008.

Segundo o ministro do Turismo, Luiz Barretto, o Brasil parou de se vender apenas como o país das praias, florestas e Carnaval, o que resultou em maior reconhecimento dos operadores internacionais de turismo e melhorou a competitividade do país no setor.

A partir de agora, com a aceleração de obras por causa da Copa do Mundo de 2014, confirmada no Brasil, a percepção dos visitantes deve melhorar ainda mais. – É a maior janela de oportunidade que vamos ter – disse Barretto.

A prioridade, segundo o ministro, é a ampliação da infraestrutura aeroportuária, outro item que puxou a nota do Brasil para baixo. O principal foi o quesito segurança, no qual o país tem a quarta pior nota entre os 133.

Diretor de assuntos internacionais da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Leonel Rossi Júnior festejou o crescimento do Brasil no ranking, mas lamentou a baixa pontuação relacionada aos casos de violência contra visitantes. E fez um alerta: - Um país só é bom para o turista quando é bom para a população.

Na América Latina, os destinos brasileiros aparecem no levantamento em segundo lugar, atrás apenas da Costa Rica.

Fonte: ABETA

  
  

Publicado por em