Feriados geram movimentação de R$ 4,2 bilhões ao Nordeste

Destinos da região vão absorver quase um terço das viagens esperadas para o país durante os seis períodos de folgas prolongadas

  
  
Nordeste - Pernambuco

O Nordeste será uma das regiões do país mais beneficiadas com o calendário de feriados de 2015. O impacto econômico de seis feriados nacionais no turismo nordestino é estimado pelo Ministério do Turismo em R$ 4,2 bilhões, o equivalente a 22,3 % da movimentação financeira no país. Os destinos turísticos dos nove estados nordestinos absorverão também 3,17 milhões das cerca de 10,9 milhões de viagens domésticas adicionais motivadas pelos feriadões.

Entre os estados do Nordeste, Bahia, Ceará e Pernambuco são os que mais sentirão os efeitos positivos do aumento do número de viagens e de gastos do turista durante os seis feriados. Nos municípios baianos a expectativa de impacto econômico é de R$ 1,2 bilhão em consequência da realização de 830 mil viagens para seus destinos. No Ceará, o impacto será de R$ 841,2 milhões devido a 585,3 mil deslocamentos. Na terceira posição aparece Pernambuco, onde o turismo deverá injetar R$ 467,9 milhões e o número de viagens no conjunto de feriados nacionais é de 510,8 milhões.

"As viagens domésticas representam cerca de 90% da economia da indústria de viagens e turismo no país. Os feriados são mais uma oportunidade para impulsionar esse mercado e movimentar a economia dos destinos, gerando negócios, empregos e renda nas cidades", afirma o ministro do Turismo, Vinicius Lages. O levantamento foi feito em parceria com a Fundação Getúlio Vargas e considerou os gastos médios registrados em viagens em cada um dos estados.

A movimentação extra no mercado doméstico gerará impactos expressivos também em outros destinos tradicionais do Nordeste. Para o Rio Grande do Norte a previsão é de ganhos de R$ 440 milhões com 298 mil viagens; para Alagoas, de R$ 355,7 milhões em 159,6 mil viagens; e para o Maranhão, de R$ R$ 274,5 milhões e 255,4 mil viagens.

As praias, as áreas de preservação ambiental, e o rico patrimônio natural e cultural são atrativos que ajudarão a atrair visitantes nos feriados também para a Paraíba, Piauí e Sergipe. As projeções do MTur são de movimentação financeira de, respectivamente, R$ 253 milhões, R$ 217 milhões e R$ 120 milhões nas economias desses estados. Juntos, os três serão responsáveis pela realização de 539,2 mil viagens.

No Brasil, o impacto global na indústria brasileira de viagens e turismo gerado pelos feriados será de R$ 18,66 bilhões com a realização de 10,9 milhões de viagens domésticas extras. Para o cálculo de número de viagens e de gastos dos turistas, o MTur considerou as datas de 21 de abril (Tiradentes, terça-feira), 1º de maio (Dia do Trabalho, sexta-feira), 4 de junho (Corpus Christi, quinta-feira), 7 de setembro (Independência do Brasil, segunda-feira), 12 de outubro (Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, segunda-feira) e 2 de novembro (Finados, segunda-feira).

Foram excluídos do cálculo o Carnaval, a Semana Santa, o Natal e o Réveillon, feriados que já constam todos os anos no calendário.

Fonte: ASCOM

  
  

Publicado por em