Festival dos Ventos fortalece turismo e praia cearense

A praia do município de Paraipaba vai sediar mais uma edição do Festival que mistura música, gastronomia, esportes e cultura; evento acontece nos dias 6 e 7 de novembro

  
  
Praia de Lagoinha, no município de Paraipaba, fica a 124 quilômetros de Fortaleza

Em formato de meia lua, com uma enseada cercada por dunas amarelas, além de arrecifes e coqueirais ponteados por bicas de água doce, a Praia de Lagoinha, no município de Paraipaba, a 124 quilômetros de Fortaleza, se prepara para sediar, nos dias 6 e 7 de novembro, a segunda edição do 'Festival dos Ventos'.

Misturando música popular e instrumental a esportes que vão do surf ao windsurf, kytesurf e vela, o evento promete consolidar a região, uma das mais bonitas do litoral cearense, como destino turístico voltado para a prática de esportes náuticos e ligados aos ventos.

Realizado pela primeira vez em dezembro de 2008, o Festival tem sido um importante instrumento na divulgação das belezas do Litoral Oeste do Ceará, principalmente por dar visibilidade ao potencial turístico da Praia da Lagoinha, o que tem sido decisivo para aumentar o tempo de permanência de turistas para de três a cinco dias, o que possibilita novas oportunidades para a cadeia produtiva do turismo.

Segundo a lenda, a praia era um porto de piratas franceses, que, no século XVI, a utilizavam como ponto de apoio para as viagens de exploração no Nordeste. Dentre as atrações, os turistas encontram um mirante com uma duna vermelha de onde se tem uma vista panorâmica da encosta.

Além disso, a vila de pescadores ainda conserva o mesmo ambiente rústico de antigamente. Outro ponto forte é o artesanato que é comercializado em uma central organizada pela população local. No cardápio dos restaurantes, peixes e frutos do mar. A praia conta, ainda, com uma rede hoteleira de boa qualidade, com alguns empreendimentos com vista para o mar.

Além das belezas naturais, o festival tem um aliado poderoso: a posição estratégica que faz com que a região tenha alguns dos melhores ventos do planeta, ideais para regatas e esportes à vela, o que representa um atrativo a mais.

É por isso que o município de Paraipaba compõe, hoje, junto com os municípios de Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Paracuru e Trairi, a rota turística Costa dos Ventos. Esse roteiro está sendo estruturado pelo Sebrae no Ceará e parceiros com o objetivo de inserir no mercado um produto diferenciado e competitivo, que respeita e valoriza as peculiaridades de cada município.

O projeto da rota turística Costa dos Ventos vai beneficiar cerca de 300 empreendimentos formais e informais da cadeia produtiva do turismo local, atingindo mais de mil pessoas e gerando emprego e renda na região.

Festival

Durante os dois dias de sua realização, o Festival deste ano terá uma programação ainda mais diversificada. Na música, serão dois eventos paralelos: o Festival de Surf Music, de dia, e o Festival de Música Popular e Instrumental, à noite. Os campeonatos esportivos vão acontecer, também, de forma itinerante: tanto na Lagoa do Jegue quanto na praia. O mesmo está previsto para outras duas feiras: a de Artesanato que será realizada de dia, na praia, e de noite, na praça; e a de produtos místicos, realizada na lagoa e na praia ao mesmo tempo.

Durante todo o evento, caminhadas, exercícios, avaliações físicas e atividades terapêuticas na água vão incentivar os visitantes a despertarem para os cuidados com a forma física e a saúde. Além disso, um festival de Gastronomia, promete movimentar os hotéis e restaurantes da região, além de ser um passo a mais na capacitação dos profissionais da região.

E a movimentação não pára aí. Quem quiser outras opções de lazer, vai contar com uma série de atividades como as oficinas que vão ensinar, tanto a confecção de pipas, móbiles e bandeirinhas quanto reciclagem e aproveitamento de lixo, conscientização ecológica e educação ambiental. Haverá, também, oficinas culturais de artes cênicas, dança, pintura e música e de curiosidades sobre a importância da energia eólica, a força dos ventos e noções de oceanografia.

Serviço:
Sebrae/CE - (85) 3255-6600

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em

Valeria lima

Valeria lima

05/02/2010 11:35:30
Eu adoro Lagoinha. Para mim, lá tem o pôr-do-sol mais lindo do mundo. Além das dunas, com uma gastonomia maravilhosa, riquezas naturais, povo hospitaleiro e uma visão inesquecível. Quem vai a Lagoinha sempre volta e traz mais alguém..