Financiamentos para o turismo batem novo recorde

Os financiamentos das instituições federais para as empresas de turismo tiveram, em 2011, o melhor desempenho dos últimos oito anos. Cresceram 29% na comparação com 2010 e 786% em relação a 2003

  
  
Em 2010, foram liberados R$ 6,7 bilhões para reforma, construção, aquisição de equipamentos e capital de giro para hotéis

Os financiamentos das instituições federais para as empresas de turismo tiveram, em 2011, o melhor desempenho dos últimos oito anos. Cresceram 29% na comparação com 2010 e 786% em relação a 2003, quando o então recém-criado Ministério do Turismo passou a articular a criação de linhas de créditos especiais para o setor.

Os financiamentos concedidos pelo Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, BNDES, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste tiveram aumento de R$ 1 bilhão em 2003 para R$ 8,6 bilhões no ano passado.

Em 2010, foram liberados R$ 6,7 bilhões para reforma, construção, aquisição de equipamentos e capital de giro para hotéis, bares, restaurantes, transportadoras turísticas, agências de viagens, entre outros.

A Caixa Econômica, que também financia despesas de pessoas físicas realizadas em estabelecimentos da indústria do turismo, lidera o ranking de 2011, com R$ 4,3 bilhões em empréstimos. Em seguida, está o Banco do Brasil, com R$ 2,9 bilhões, e o BNDES, que opera a linha ‘Pró-Copa Turismo’ destinada à hotelaria, com R$ 998 milhões. O Banco do Nordeste computou R$ 288,4 milhões em operações de crédito e o Banco da Amazônia outros R$ 117,6 milhões.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em