Foz do Iguaçu ganha Parque Aquático Termal

Se a cidade de Foz do Iguaçu já era linda por natureza, agora o homem a deixou ainda mais bela e divertida. Até o final do ano será inaugura o Parque Aquático Termal de Foz que deixará os visitantes com mais vontade de voltarem para a região

  
  
Ilustração de como será o Parque Aquático Termal na região de Foz do Iguaçu

Com o lazer cada vez mais em alta na cesta de consumo da população brasileira, parque aquático termal poderá ser diversão às famílias e turistas no entorno de Foz do Iguaçu.

Em 2012, Foz do Iguaçu e região lindeira praticamente não sentiram o inverno brasileiro, muito pelo contrário; com temperaturas de 36º em pleno agosto, a vontade do morador, e do turista que passava pela região, era relaxar numa piscina de água fria. Programação, até então, pouco explorada na região da Tríplice Fronteira nessa época do ano, mas que deve mudar a partir do próximo inverno.

Em dezembro desse ano já serão inauguradas as primeiras atrações do empreendimento que se tornará, com a conclusão completa do complexo, o maior parque aquático da América Latina e o único com água termal natural aberto ao público para bilheteria. O Parque Aquático Termal Lago de Itaipu, localizado no município de Itaipulândia, a 60 km de Foz do Iguaçu, foi recentemente adquirido da Prefeitura do Município, por um grupo carioca de parques aquáticos, com 13 anos de experiência e sucesso.

O projeto e as atrações
Numa área superior a 262 mil m2, o parque aquático de Itaipulândia será o único do Brasil a oferecer duas piscinas de ondas num mesmo complexo. Além disso, terá um dos maiores tobogãs do mundo, e um dos mais cobiçados pelos amantes dos esportes de aventura, que é o chamado Bubba Surge – um tobogã gigante com oito pistas simultâneas de descida em botes para até quatro pessoas, que oferece a vantagem de possuir esteiras rolantes para a subida dos botes (nos demais parques aquáticos, os usuários sobem a extensão do brinquedo carregando seus botes nas costas), adorei esta parte, confesso.

O parque ainda vai contar com corredeiras de rio lento, em que é possível, num bote individual, contornar toda a extensão do parque numa trilha lenta, tranquila e sem sobressaltos; rio selvagem, onde se experimenta velocidades maiores, mais obstáculos e curvas mais radicais realizadas em botes similares; lagoons, que são áreas rasas com espreguiçadeiras e espaços para crianças, em que os pais aproveitam as piscinas na companhia dos pequenos; uma piscina termal inédita e única no país, com bares molhados envolvidos por uma grande área envidraçada, que mantém a temperatura do ambiente; diversos pontos de piscinas com bares molhados, onde é possível, dentro da água, aproveitar alguns drinks adultos e bebidas geladas para as crianças.

O Parque terá ainda, áreas gastronômicas pensadas por nutricionistas, com diversas opções de snacks e alimentação saudável para todas as idades

O Parque terá ainda, áreas gastronômicas pensadas por nutricionistas, com diversas opções de snacks e alimentação saudável para todas as idades. Logo acima da principal piscina de ondas do parque, numa posição privilegiada de visão de todos os cantos do complexo, será instalado um telão de led gigante com aparato de som de última geração e palco, para grandes apresentações musicais e inclusive shows ao vivo. “Será possível trazer para dentro do parque grandes atrações artísticas de nível nacional”, assegura Gaspar.

Complexo como um todo
O parque aquático termal de Itaipulândia não será apenas um parque aquático aberto ao público para bilheteria. Os empresários cariocas projetaram não apenas um empreendimento, mas três: o parque aquático termal, que será o primeiro a ser entregue à população; um clube para associados, e ainda um hotel com espaço para centro de convenções. Esses dois últimos fazem parte de uma segunda etapa da obra, que prevê triplicar o investimento inicial assumido pelo grupo com a Prefeitura de Itaipulândia, que era de R$ 10,1 milhões, ou seja, num período que deve compreender os próximos quatro ou cinco anos, o grupo carioca estima investir em Itaipulândia e na região mais de 30 milhões de reais de recursos.

Fonte: Embarque na Viagem

  
  

Publicado por em