Governo e Convention Bureau buscam estimular turismo de eventos em Sergipe

O objetivo da administração estadual é estimular a realização congressos, feiras e workshops durante todo o ano

  
  
Turismo de Eventos em pauta em Sergipe

Viabilizar estratégias que estimulem o turismo de eventos no estado. Foi com esse objetivo que representantes do Governo de Sergipe e do Aracaju Convention Bureau estiveram reunidos na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo (Sedetec). O encontro serviu para que as entidades discutissem a criação de uma política voltada exclusivamente para o setor.

O objetivo da administração estadual é estimular a realização congressos, feiras e workshops durante todo o ano. A explicação para isso está na capacidade de circulação de recursos financeiros por essas atividades. Dados do Ministério do Turismo revelam que o turismo de eventos movimenta cerca de três vezes mais recursos que o tradicional turismo de lazer.

Durante o encontro, os integrantes do Convention Bureau expuseram os resultados alcançados durante os últimos 12 meses. Somente em 2009, a entidade colaborou para a realização de 40 eventos em Sergipe, que resultaram na presença de 15 mil visitantes e a circulação de cerca de R$ 35 milhões na economia sergipana. Em 2010, a entidade já atuou na captação e/ou apoio a 39 eventos.

Entre as principais atividades desempenhadas, de acordo com o presidente do órgão, Sérgio Araújo, estão a participação em projetos de divulgação do ‘Destino Sergipe’, ações de mídia compartilhada com agências de viagens e a presença em feiras e eventos do setor.

“Sergipe tem capacidade para incrementar ainda mais esses números. Nossos hotéis estão preparados para receber os visitantes, tanto em relação aos leitos quanto à existência de espaços exclusivos para as atividades. Buscamos intensificar a captação de novos eventos fora do estado e acreditamos que o Governo tem um papel fundamental no auxílio a esse trabalho”, salientou.

Comissão

Uma das principais estratégias discutidas durante o encontro foi a criação de uma comissão de apoio a eventos. O novo órgão seria formado por representantes de todos os setores envolvidos na atividade, incluindo a sociedade civil, e contaria com um orçamento próprio, destinado ao incentivo e captação de eventos.

“Queremos criar uma política de Estado que contribua para aumentar a nossa competitividade no segmento. A comissão ficaria responsável por determinar em que áreas poderemos atuar e que tipo de benefício será concedido. Vamos aprofundar essas discussões para chegarmos à melhor solução”, disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jorge Santana.

De acordo com o presidente da Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur), José Roberto de Lima, o Estado, assim como já faz em relação ao turismo de lazer, também pode participar de mais atividades relacionadas a eventos.

“Hoje, com recursos do Prodetur, já realizamos ações de fampress e famtour com agentes de viagens e profissionais de comunicação. Podemos, em parceria com o Convention, fazer esse mesmo tipo de trabalho com pessoas que lidam com o turismo de eventos, buscando divulgar o ‘Destino Sergipe’. Temos condições ainda de produzir materiais específicos para essa atividade e otimizar investimentos, mediante a atuação em eventos que podem ser atraídos para o nosso estado”.

Fonte: Governo do Estado de Sergipe

  
  

Publicado por em

Maria da Conceição Santana Fraga

Maria da Conceição Santana Fraga

20/05/2010 17:14:42
Aprovei a ideia como turismologa formada no Estado e estagiaria da Emsetur. Parabéns pela visão do Senhor Secretario e Dr. Jose Roberto ( Doutor em Turismo) pela visão turistica.