Henrique Alves assume Ministério do Turismo

Carioca, iniciou sua trajetória política aos 22 anos. Antes de assumir a presidência da Câmara, liderou a bancada do PMDB por seis anos consecutivos. Hoje é o parlamentar mais antigo da Casa.

  
  

O ex-deputado e ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Lyra Alves assumiu na quinta-feira (16/04), em Brasília (DF), o cargo de ministro de Estado do Turismo.

Com 43 anos de vida parlamentar, chega à Esplanada dos Ministérios depois de 11 mandatos consecutivos como representante do Rio Grande do Norte no Legislativo. O convite para assumir o posto foi feito pela presidenta Dilma Rousseff na quarta-feira (15/04).

Como deputado, Alves se posicionou a favor de medidas tributárias que estimulassem os investimentos e a modernização do setor de turismo.

Além disso, Henrique Alves apresentou R$ 27,7 milhões em emendas individuais para o orçamento do Ministério do Turismo. Durante sua gestão como presidente da Câmara, foi aprovado, por exemplo, o projeto que regulamenta atividades de agências de turismo.

Em seu discurso de posse, Henrique Alves destacou que o desafio será encarado com a experiência de quem presidiu a Casa do povo brasileiro.

“O turismo é, reconhecidamente, uma das mais importantes atividades econômicas do país, gerador de emprego e renda para o pequeno, médio e grande empresário”, disse.

“O setor é uma das atividades mais importantes de um país sério, que quer se desenvolver, crescer, dar qualidade de vida com direito de oportunidades para todos, porque é rara a atividade econômica que provém só em um ato todos os pré-requisitos da política social, porque atende do pequeno ao grande empresário”, disse.

Henrique Alves foi incluído 15 vezes na lista de parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, de acordo com um levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), que avalia nos políticos habilidades como capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações.

Carioca, iniciou sua trajetória política aos 22 anos. Antes de assumir a presidência da Câmara, liderou a bancada do PMDB por seis anos consecutivos. Hoje é o parlamentar mais antigo da Casa.

Henrique Alves também presidiu as comissões de Constituição e Justiça (1997), Trabalho (2005) e Legislação Participativa (2003), além de participar como titular ou suplente da maioria das comissões parlamentares.

Henrique Alves assume o ministério no lugar de Vinicius Lages, que esteve à frente da pasta durante um dos mais importantes momentos do turismo brasileiro nos último anos: a realização da Copa do Mundo FIFA 2014.

“Fui convidado pela presidente Dilma para assumir o ministério em um momento chave para o Brasil, às vésperas da Copa. Os desafios eram grandes. Mas como empresário e empreendedor, e a partir da trajetória que tive no Sebrae, encontrei subsídios para transformar os desafios em oportunidades”, disse Lages.

Durante o Mundial, o Brasil recebeu 4 milhões de turistas brasileiros e estrangeiros, registrando o recorde de US$ 1,5 bilhão em entrada de divisas pelo turismo.

A gestão do ministro Lages, iniciada em 17 de março de 2014, também foi marcada pelo reforço no diálogo com as entidades e a participação em eventos do setor.

A visão estratégica de que a inovação e a tecnologia fortalecem a cadeia produtiva do turismo também marcou a gestão de Lages.

Para ele, o turismo pode influenciar a criação de soluções ligadas à mobilidade de modo a tornar as experiências nos destinos ainda mais marcantes.

Em outubro do ano passado, o MTur assinou um termo de cooperação técnica com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação para a criação de editais de fomento à pesquisa, fortalecimento de observatórios de turismo e fomento ao empreendedorismo.

A qualificação dos serviços do setor turístico também foi uma das prioridades do ministro, que deu continuidade ao Projeto de Qualificação Internacional em Turismo e Hospitalidade, oferecendo bolsas de estudos para estudantes brasileiros no Reino Unido, Espanha e Portugal. Também foi sob o seu comando que o MTur comemorou a formatura de 100 mil alunos no Pronatec Turismo.

O programa ofereceu, em parceria com o Ministério da Educação, cursos de qualificação para os trabalhadores do setor turístico, jovens carentes e comunidades no entorno dos parques nacionais.

A cerimônia de transmissão do cargo contou com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, entre outros parlamentares.

Desde a criação do Ministério do Turismo, em 2003, que veio ao encontro das necessidades e expectativas do setor, já são sete o número de ocupantes da pasta, incluindo o atual.

- Walfrido dos Mares Guia
1 de janeiro de 2003 a 22 de março de 2007

- Marta Suplicy
23 de março de 2007 a 3 de junho de 2008

- Luiz Barretto Filho
3 de junho de 2008 a 31 de dezembro de 2010

- Pedro Novais
1 de janeiro de 2011 a 14 de setembro de 2014

- Gastão Vieira
14 de setembro de 2011 a 17 de março de 2014

- Vinicius Lages
17 de março de 2014 a 15 de abril de 2015

- Henrique Alves
16 de abril de 2015 / atual

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em