Ilhabela oferece alta gastronomia, rede hoteleira de qualidade e inúmeras opções para a prática de esportes

As praias são conhecidas pela transparência da água e pela beleza da paisagem, composta por morros e pela vasta Mata Atlântica

  
  

Com atrações o ano todo, a ilha está entre os principais destinos do Brasil. Reunindo praias maravilhosas, alta gastronomia, rede hoteleira de qualidade e inúmeras opções para a prática de esportes, em especial os aquáticos, a cidade se consolida como referência turística.

Para o final do ano a taxa de ocupação dos hotéis está na média de 90%. Restam poucos quartos para os turistas interessados em passar o verão no arquipélago.

A expectativa da Secretaria de Turismo de Ilhabela é que cheguem pela balsa 150 mil visitantes por mês entre dezembro e fevereiro e outros 50 mil nas paradas de navios que têm Ilhabela como rota.

“Não temos como objetivo aumentar o número de turistas em Ilhabela, mas sim atendê-los com melhor qualidade. Por isso, buscamos uma parceria com a Dersa por melhorias no funcionamento da Balsa nas operações de final de ano, melhoramos atrativos da cidade, como a manutenção de trilhas, e, juntamente com o trade, profissionalizamos o receptivo da cidade.

Atualmente são cerca de 150 funcionários capacitados para atender os turistas. Eles são regulamentados no Município, no Estado e no Governo Federal”, afirma o Secretário de Turismo, Harry Finger.

Em 2011, mais de 100 mil reais foram gastos em infraestrutura para melhor atender os turistas, como shows musicais, decoração urbana de natal e queima de fogos, que como é tradição na cidade, ocorre em três pontos distintos: Vila, Perequê e Praia Grande.

Além disso, a cidade já anunciou a programação das balsas. Cinco estarão em funcionamento, sendo que duas farão os horários normais, saindo a cada meia hora, e as outras três sem hora programada, fazendo a operação “bate e volta”.

Praias e passeios:

As praias de Ilhabela são conhecidas pela transparência da água e pela beleza da paisagem, composta por morros e pela vasta Mata Atlântica, que ocupa mais de 80% da cidade. As mais conhecidas por quem frequenta a ilha são a Feiticeira, Jabaquara e Bonete, que só é possível chegar de barco ou a pé.

Outra praia muito famosa é a de Castelhanos. A trilha para chegar a ela é um dos maiores atrativos da cidade. Muitos jipeiros profissionais e amantes de off-road frequentam o trajeto, um dos mais conhecidos do Brasil. Antes de chegar ao destino, está a cachoeira do Gato, com uma queda d’água de 70 metros e uma linda piscina natural.

Além de todas as belezas naturais, Ilhabela recebe ventos de todas as direções. Por conta disso, a prática da vela passou a ser um dos maiores atrativos da ilha, que esse ano foi reconhecida oficialmente como Capital Nacional da Vela.

O mergulho também é muito frequente, já que muitos navios naufragados fazem com que a cidade tenha uma paisagem muito particular também no fundo do mar. Outros esportes praticados na ilha são o rapel, o windsurf, kitesurf e wake-board.

Com todas essas atrações, cresceu o número de turistas na ilha. Com o tempo, foi formada em Ilhabela uma das redes hoteleiras com mais infraestrutura do Brasil. São, aproximadamente, 5 mil leitos, desde hotéis cinco estrelas, com sauna, quadras de tênis e piscina, até pousadas mais simples situadas junto a rios e cachoeiras. Campings a beira-mar e chalés são outras opções.

Vida noturna agitada e alta gastronomia também são características da Ilhabela. No centro da cidade está localizada a maior parte dos restaurantes, com cardápios baseado em peixes e camarão. O local também é ponto de encontro e concentra os principais bares, além de ser palco das maiores atrações do município, como shows, festivais e outros eventos.

Praias:

Com 130 km de costa, a ilha oferece 42 praias de diferentes estilos. São paisagens únicas, verdadeiros paraísos tropicais com praias selvagens e outras de águas calmas. A maioria delas oferece ótima infraestrutura para atender bem seus visitantes

Armação

Distante 12 km da balsa em direção norte, logo depois da praia do Pinto, a praia da Armação é o point dos praticantes de wind e kitesurf. Com 350 metros de extensão, abriga uma charmosa igrejinha - a Capela Imaculada Conceição , além de barcos de pescadores.

Point de windsurfistas e kitesurfistas, nesta praia fica a sede da Associação de Windsurf de Ilhabela, onde há um barzinho, banheiros e chuveiros. Há também, ali, uma escola de esportes náuticos.

Em sua ponta esquerda, uma trilha leva a uma calçada que conduz até a praia do Pinto. Na ponta que separa as duas praias, um pequeno pier vale uma parada e um mergulho.

Com ótima infraestrutura, o local conta com bares, restaurantes e quiosques. Boa opção para todas as idades.

Bonete

Considerada pelo respeitado jornal britânico ‘The Guardian’ uma das dez praias mais bonitas do Brasil, esta praia de areias claras e mar agitado é habitada pela maior comunidade tradicional caiçara do município. Localizada ao sul da ilha, , é preciso seguir uma trilha de 12 km de extensão partindo da Ponta de Sepituba passando pelo Parque Estadual de Ilhabela e atravessando três cachoeiras com águas cristalinas - caminhada que dura de 4 a 5 horas. Outra maneira é por mar, navegando em tradicionais canoas caiçaras ou barcos de passeio, contornando a ponta da Sepituba, no extremo sul da Ilha.

Nesta praia repleta de chapéus-de-sol, com mais de 600 metros de extensão, ondas que chegam até 3 m, fazem do local o paraíso dos surfistas.

Castelhanos

Localizada a leste, na Baía dos Castelhanos, esta é a maior praia de Ilhabela, com mais de 1,5 km de extensão. É possível acessá-la por mar e por terra, a pé, a cavalo, de bicicleta ou em veículo 4x4, por uma trilha de 22 km que cruza a exuberante Mata Atlântica protegida pelo Parque. De lancha, está a cerca de 1h a partir da praia do Perequê.

Para os adeptos do surf, o mar normalmente agitado oferece boas ondas. O mar é também excelente para quem gosta de mergulhar.

Na ponta direita, a pequena ilha da Lagoa, muito próxima da praia, oferece um charme a mais ao local, e de lá parte a trilha que leva a Praia Mansa e Vermelha.

Já do canto do Ribeirão, parte a trilha da Cachoeira do Gato, de 2 km, que leva até uma belíssima cachoeira com 80 metros de altura e também ao Mirante do Canto do Gato.

Ainda como parte do cenário, um rio deságua em cada extremidade da praia.

Nesta praia vivem seis comunidades tradicionais caiçaras.

Alí também se localizam alguns bares e restaurantes locais.

Curral

A cerca de 9 km ao sul da balsa e com mais de 500 metros de extensão, ela é a mais badalada da ilha. Há bares e restaurantes espalhados por toda a praia, com banheiros, ducha de água doce e estacionamento. Na alta temporada, o som não para durante todo o dia.

Bom lugar para admirar o pôr-do-sol, a praia possui uma ampla área verde que serve de refúgio para aqueles que não querem ficar no sol.

No canto esquerdo da praia está localizada a Capela de Santa Cruz, com o acesso feito por uma escadaria que permite a contemplação da paisagem em um belvedere.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Pedro Nuin

  
  

Publicado por em

Iolanda

Iolanda

23/07/2012 10:14:42
Gostei, mas fiquei em dúvida quanto a indicação de qual praia tem águas calmas e pouca badalação.