Mais Brasil no exterior

Embratur anuncia parceria que ampliará participação de operadoras de turismo em feiras internacionais

  
  

Aumentar em 30% a participação de operadoras de turismo em feiras no exterior. Essa é a principal meta do protocolo de intenções assinado na tarde desta quinta-feira (21/10), durante o38º ABAV 2010, pelos presidentes do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Mário Moysés, da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), José Eduardo Barbosa, da Brazilian Incoming Travel Organization (Bito), Salvador Saladino, e da Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux, João Luiz Moreira.
“Os operadores de turismo terão descontos para participar no estande do Brasil: 50% para feiras realizadas na Europa e América do Norte e 75% para eventos que acontecem na América Latina”, explicou Moysés.

"O objetivo é, além de aumentar o número de operadores nos eventos no exterior, apoiar esses profissionais e valorizar o papel das operadoras para que possam aproveitar a participação nas feiras de forma cada vez mais eficaz", afirmou o presidente da Bito, Salvador Saladino.

Ainda durante a reunião em que foi anunciado o termo de cooperação entre as entidades, o presidente da Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux, João Luiz Moreira, lembrou que a projeção internacional do Brasil está cada vez maior. “O poder de atração aumentou muito nos últimos anos, nós precisamos aproveitar o momento. Em todo lugar em que chego há pessoas falando do Brasil.”

As possibilidades de ofertas para tornar o país mais competitivo também foram discutidas pelos parceiros. O presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), José Eduardo Barbosa, reforçou a ideia de haver uma política conjunta entre a Embratur, MTur, Braztoa e Bito, para incrementar o turismo no Brasil. “Nós temos que pensar nos consumidores, conversar com as agências de viagem e companhias aéreas para termos um esforço conjunto nesse sentido.’’

O diretor de produtos e destinos da Embratur, Marcelo Pedroso, explicou que as feiras têm grande importância estratégica na política de promoção do país no exterior. "Além de ser local de encontro e negócios de um grande número de profissionais, é um momento em que promovemos toda a diversidade cultural e natural do Brasil, os nossos melhores produtos turísticos", afirmou.

Em 2010, a Embratur participou de 41 feiras internacionais, sendo 21 comercializadas pela Confederação de Conventions Bureaux e as demais de participação institucional.

  
  

Publicado por em