Ministério do Turismo assina repasse de recursos para projetos de qualificação profissional

A estratégia é complementar à oferta de cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego voltado para a Copa do Mundo 2014

  
  

O Ministério do Turismo empenhou, na terça-feira (30.10), R$ 4,57 milhões para preparar 3.950 profissionais da linha de frente do turismo para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.

A ação contempla trabalhadores de diversas categorias do receptivo do setor na Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Sul, estados-sede do campeonato mundial de futebol.

A estratégia é complementar à oferta de cursos do Pronatec Copa (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego voltado para a Copa do Mundo 2014), uma das ações de qualificação profissional do Ministério do Turismo.

Segundo o secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota, o repasse às cidades-sede integra o pacote de investimentos da pasta para 2014: - “Além de ampliar a qualificação de mão-de-obra para a Copa, estamos investindo no legado, que é do povo: a profissionalização, a geração de renda e o desenvolvimento econômico casado com o desenvolvimento social”, afirmou. De acordo com Mota, outros 13 projetos de estados-sede do Mundial estão em análise pelo Ministério do Turismo.

Destinos contemplados:

Na capital gaúcha, o programa atenderá 2,4 mil profissionais diretamente envolvidos com o receptivo turístico para a Copa do Mundo.

O convênio com a Secretaria de Turismo do estado, orçado em R$ 3,4 milhões, prevê aperfeiçoamento para diversas atividades de apoio ao turismo: taxistas, guias de turismo, comerciários, trabalhadores da segurança pública (policiais civis, militares e bombeiros) e do transporte público (motoristas e cobradores de ônibus).

Segundo estudo encomendado pelo MTur à Fundação Getúlio Vargas (FGV), a estimativa é que a cidade receba 413,4 mil brasileiros e 129 mil estrangeiros durante o mundial.

Já a parceria entre o MTur e a Secretaria de Turismo da Bahia vai oferecer cursos de inglês para 1.020 taxistas em Salvador.

O ministério destinou R$ 1,053 milhões à iniciativa. De acordo com projeção do MTur/FGV, a capital soteropolitana receberá 560 mil brasileiros e 148,2 mil estrangeiros durante a Copa.

Em Recife, o projeto pretende qualificar prestadores de serviços da cadeia produtiva do setor e multiplicadores de informações turísticas.

O foco do convênio com a Prefeitura da capital pernambucana é aprimorar o atendimento ao visitante em mercados públicos, barracas de coco e Centros de Atendimento ao Turista (CATs).

Ao todo, serão contemplados 530 profissionais que estudarão, entre outras disciplinas, noções de empreendedorismo, segurança alimentar e enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes no turismo.

O investimento do MTur, de R$ 429,8 mil, vai aprimorar o atendimento aos 324 mil estrangeiros e 81,7 mil brasileiros que passarão pela cidade durante os 30 dias da Copa 2014.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: MTur

  
  

Publicado por em