Ministério do Turismo investiu R$ 6 bilhões em infrestrutura turística desde 2003

Dados foram apresentados pelo ministro Luiz Barretto durante abertura do 8º Fórum Panrotas, em São Paulo (SP)

  
  

Aeroportos regionais, pavimentação de estradas, urbanização de orlas e sinalização turística estão entre os principais investimentos realizados pelo Ministério do Turismo (MTur) nos últimos sete anos. Obras que totalizam R$ 6 bilhões, investidos por meio de parcerias com estados e municípios.

“Nosso objetivo é dotar os destinos de infraestrutura para que o turista seja recebido de uma melhor forma e tenha condições de passar mais tempo no destino, gerando emprego e renda para a região”, afirmou o ministro do Turismo, Luiz Barretto, durante a abertura do 8º Fórum Panrotas, que teve início na manhã desta segunda-feira (15), em São Paulo (SP). Ele citou como exemplo dos investimentos feitos pelo MTur a urbanização da orla do Rio Guamá, em Belém (PA); a construção do aeroporto de São Raimundo Nonato (PI); e a estrada Bonito-Bodoquena (MS).

Segundo Barretto, tantos investimentos, somados aos bons resultados da economia interna, permitiram que, mesmo durante a crise econômica de 2009, o Brasil tivesse registrado recordes de viagens. Os desembarques domésticos no ano passado foram de 55,9 milhões, superando em quase 15% o recorde anterior, registrado em 2007. No acumulado de 12 meses, de fevereiro de 2009 a janeiro de 2010, o total de desembarques domésticos foi superior a 57 milhões. Os dados internacionais de janeiro passado também são positivos. “Tivemos 734.636 desembarques internacionais, o que corresponde a 12,23% em relação a janeiro de 2009. É o novo recorde histórico”, comemorou Barretto.

Barretto também afirmou que “vivemos um momento especial. Depois de um ano difícil, o otimismo no setor turístico é evidente. Além das boas perspectivas com base nos números acima, também temos a avaliação feita pela 6ª Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo”. Segundo a pesquisa, comparativamente a 2009, a expectativa dos empresários é de um aumento de 14,6% no faturamento para 2010.

O ministro também destacou os investimentos feitos em qualificação, que somam R$ 248,8 milhões nos últimos sete anos, e projetou investir mais R$ 440 milhões nos próximos anos na preparação da mão de obra para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016. “Já temos o Olá, Turista! com as primeiras turmas formadas. O projeto é uma parceria com a Fundação Roberto Marinho, que capacitará 80 mil trabalhadores em inglês e espanhol nos próximos anos”, disse Barretto.

Além da qualificação, para os grandes eventos esportivos de 2014 e 2016 o Ministério do Turismo investirá em infraestrutura turística, promoção e em hotelaria. “Estes são os nossos grandes eixos de ação para os próximos anos”, disse Barretto, lembrando que para permitir a construção de novos hotéis e ampliação e a reforma dos já existentes, o MTur em parceria com os bancos públicos acaba de lançar linhas de crédito que totalizam R$ 1,8 bilhão, sendo R$ 1 bilhão do BNDES e R$ 800 milhões provenientes dos Fundos Constitucionais.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em