MTur apóia cultura e turismo no Espírito Santo

Paneleiras de Vitória ganharão galpão para preservar tradição indígena anterior ao descobrimento do Brasil

  
  
A Associação das Paneleiras de Vitória (ES) ganhará um galpão para manter viva uma tradição de mais de 500 anos

As paneleiras de Vitória (ES) ganharão um novo galpão, no bairro de Goiabeira, para fabricar e vender seus produtos. A ordem de início das obras foi assinada na tarde de ontem (15) pelo ministro do Turismo, Luiz Barretto, o prefeito de Vitória, João Coser e o vice-governador do Espírito Santo, Ricardo Ferraço. O novo galpão está orçado em R$ 1,74 milhão de reais. Deste total, o MTur arcará com R$ 740 mil. “Essa é uma grande conquista para nós, porque vai melhorar as nossa condições de trabalho”, disse a presidente da Associação das Paneleiras, Eronildes Menezes.

O novo prédio contará com uma estrutura metálica em 940 m2 de área. Além de espaço para fabricação e venda dos utensílios, terá bares e restaurantes, o que deve aumentar o fluxo turístico e consequentemente a venda das panelas. “Vai ter até estacionamento para os ônibus de turistas”, disse Joselha Dias, paneleira há 26 anos.

Além de melhorar a condição de trabalho, o galpão dará mais visibilidade a um dos produtos tradicionais do artesanato e da culinária capixaba. “Essa obra é um reconhecimento ao trabalho das paneleiras, fundamental para manter o sabor da cozinha capixaba e preservar a tradição indígena”, afirmou o ministro.

As panelas de barro, utilizadas no preparo da torta e das moquecas capixabas, foram declarados patrimônio cultural brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 2002. Eram produzidas pelos índios, desde antes da chegada dos portugueses ao Brasil. A argila utilizada na moldagem das panelas é retirada do Vale do Mulembá, um manguezal na periferia de Vitória. O tingimento das panelas, que tem a cor preta, é feito com pigmento extraído da casca do tanino, uma árvore do manguezal vermelho.

REURBANIZAÇÃO DA ORLA

Na mesma solenidade, o ministro Luiz Barretto assinou a ordem de serviço para a construção dos quiosques da Praia de Camburi. Os quiosques são parte da segunda fase das obras de revitalização da orla de Vitória (ES), que está sendo financiada com recursos do MTur. Desde 2006, já foram liberados R$ 5 milhões para a implantação de infraestrutura turística na praia.

Font: MTur

  
  

Publicado por em