Ministério do Turismo dará continuidade a obras em andamento

Secretário assegura que cortes nas emendas parlamentares não prejudicam atividades relacionadas a Copa de 2014

  
  

O secretário-executivo do Ministério do Turismo, Frederico Costa, assegurou nesta quinta (7), aos membros do Conselho Nacional do Turismo, que os projetos em andamento não sofrerão prejuízo com os cortes orçamentários anunciados pelo governo federal. Segundo ele, a receita de programação disponível, que exclui as emendas parlamentares atingidas pela decisão do governo, é compatível com a do início do ano passado.

O orçamento do Ministério é composto de recursos de programação, definidos pelo Executivo, e de emendas propostas pelos deputados e senadores.

“Teremos condições de dar continuidade as obras que já estão em andamento e a outras que consideramos prioritárias”, assegurou o secretário. Ele lembrou que o MTur tem atribuições definidas nos preparativos para a Copa do Mundo de 2014, entre as quais investir em qualificação, promoção dos destinos, infraestrutura turística e na articulação de financiamentos para a hotelaria.

Costa citou ainda algumas ações empreendidas neste ano. Uma delas foi o apoio do MTur ao esforço do governo do Rio de Janeiro na retomada da atividade turística na Serra Fluminense, atingida pela chuvas em janeiro deste ano. Outra foram as negociações com o Ministério do Trabalho que resultaram na liberação de R$ 250 milhões do Fundo de Amparo do Trabalhador (FAT) para linha de capital de giro para empresas do setor.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em