MTur na prevenção da dengue

Em parceria com o Ministério da Saúde, o MTur orienta turistas sobre medidas preventivas de combate à dengue

  
  

Se você vai viajar neste verão – período de maior transmissão da dengue devido aos fatores climáticos favoráveis a proliferação do mosquito Aedes aegypti – informe-se, seja um turista prevenido. Tome alguns cuidados e desfrute de uma viagem tranquila e sem contratempos.

Em caso de viagens para áreas de risco da dengue, é importante hospedar-se em locais que disponham de telas de proteção nas portas e janelas. O uso de mosquiteiros também é recomendado. Aconselha-se também a adoção de medidas de proteção individual para reduzir o risco de infecção tais como: o uso de calças compridas, meias, sapatos fechados e repelentes.

Para quem vai viajar e deixar a casa fechada lembre-se: não deixe nenhuma oportunidade para o vetor proliferar-se. Por meio de medidas simples, você evita que a dengue bata na porta da sua casa: remova a água de vasos de planta, deixe a caixa d´água tampada, retire a água de grandes reservatórios como piscinas e remova do ambiente todo material que possa acumular água (garrafas pet, latas, pneus).

Durante a viagem, é preciso estar atento ao surgimento de alguns dos sintomas da doença como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores pelo corpo e náuseas. Caso ocorra, procure imediatamente orientação médica e evite a automedicação. É importante procurar orientação médica ao surgirem os primeiros sintomas.

O ministro do Turismo, Pedro Novais, enviou carta aos secretários estaduais e municipais de Turismo dos 65 destinos indutores e aos membros do Conselho Nacional de Turismo, solicitando apoio à mobilização nacional de combate à dengue e, ainda, ações de orientação aos turistas.

Para mais informações acesse www.combatadengue.com.br.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em