Nas férias, procure prestadores de serviços turísticos cadastrados no MTur

Sistema conta com 37 mil cadastrados entre pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor turístico. As consultas podem ser feitas pelo endereço www.cadastur.turismo.gov.br

  
  

Nada como uma viagem tranqüila, sem contratempos. Na hora da escolha do prestador de serviços turísticos, consulte o Sistema de Cadastro dos Empreendimentos, Equipamentos e Profissionais da Área de Turismo (Cadastur). Atualmente, o sistema conta com 37 mil cadastrados entre pessoas físicas e jurídicas de todo país que atuam na cadeia produtiva do turismo. Meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, guias de turismo e acampamentos turísticos devem, obrigatoriamente, cadastrar-se no sistema do Ministério do Turismo (MTur). O objetivo é garantir mais segurança e tranquilidade ao turista na hora de contratar um serviço turístico.

Segundo a coordenadora-geral de Serviços Turísticos do MTur, Rosiane Rockenbach, o cadastro passou a ser obrigatório desde 2008 quando a Lei do Turismo (11.771) foi sancionada. “Todos os prestadores de serviços que atuem na atividade têm que se cadastrar e passar por um processo de validação documental. Temos orientado, principalmente, nesse período pré-temporada, que o consumidor procure prestadores cadastrados, pois essa é uma garantia que o profissional ou a empresa cumpriram requisitos legais para atuar na atividade”, ressalta Rockenbach.

As consultas e o cadastro podem ser feitos pelo endereço www.cadastur.turismo.gov.br. O cadastro deve ser renovado a cada dois anos. No site do sistema, o prestador de serviço encontra a lista de documentos necessários para efetuar o registro.

Em todo o Brasil, já são seis mil meios de hospedagem, entre hotéis, pousadas, resorts, albergues e apart-hotéis, cadastrados. O estado do Rio de Janeiro lidera a lista com 1.028 meios de hospedagem cadastrados, seguido por Minas Gerais (595) e Paraná (543).

Quando o assunto é agências de viagem, o número de cadastros chega a 11.670. São Paulo é o estado com maior número de agências cadastradas (2.835), o segundo colocado é o Rio de Janeiro (1.502), seguido por Minas Gerais (1.068), Paraná (1.017) e Rio Grande do Sul (1.007). O cadastro contempla, ainda, pessoas físicas como os Guias de Turismo, que já representam um universo de 8.942 cadastrados.

Além dos prestadores cujo cadastro é obrigatório, a Lei do Turismo sugere o cadastro voluntário a categorias como bacharéis em turismo, que já somam 1.024 do total de cadastrados. Entre as atividades de cadastro voluntário estão, também, bares, restaurantes, cafeterias e similares; centros de convenções e similares; parques aquáticos; estrutura de apoio ao Turismo Náutico (marinas, garagens náuticas e portos turísticos); casa de espetáculos; equipamentos de animação turística (teatros, cinema, casas de dança e conchas acústicas); prestadoras de infraestrutura para eventos; e locadoras de veículos para turistas.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em