No Brejo paraibano, cachaça é opção de bebida para o frio

A bebida é produzida tradicionalmente em antigos engenhos da região e representa um pouco do apogeu da cana-de-açúcar no período colonial

  
  

Companhia certa nos momentos de alegria, bem como nas baixas temperaturas, a cachaça de alambique é um dos atrativos da rota cultural 'Caminhos do Frio', que percorre seis cidades do Brejo Paraibano nos meses de julho e agosto. A bebida circula nos municípios por meio do estande da 'Cachaça da Paraíba', organizado pelo Sebrae/PB com o apoio da Fiep e do Senai. O objetivo é divulgar o produto, em especial neste período, junto aos turistas que visitam a região, bem como estimular a comercialização.

Produzida a partir da cana-de-açúcar, a cachaça, mais do que uma bebida, representa um pouco da história e cultura do Brejo paraibano, que é permeado de antigos engenhos produtores do destilado e de outros derivados, a exemplo do mel de engenho, rapadura e açúcar mascavo. Nos dias 31 de julho e 1º de agosto, o estande da cachaça permaneceu montado na praça principal de Bananeiras, a 135 km de João Pessoa, no evento 'Aventura e Arte na Serra'. No estande foram expostas e comercializadas 10 marcas de cachaça atendidaz pelo Projeto de Cachaça de Alambique do Brejo Paraibano, bem como divulgadas as potencialidades turísticas da região.

Segundo o gestor do projeto de Cachaça, Fernando Ivo, a integração do estande ao roteiro turístico visa fortalecer o aspecto cultural da bebida, que é tradicionalmente produzida na Paraíba e representa importantes aspectos culturais do Estado. Nos dias 7 e 8 de agosto, o sstands será montado em Serraria, na Festa 'Seresta, Frio e Engenhos'. Em 15 e 16 de agosto, o estande segue para Pilões, na 'Festa das Flores' e de 20 a 31 de agosto será montado em Alagoa Nova.

O estande já passou pelas cidades de Alagoa Nova, na 'Festa da Galinha de Capoeira e da Cachaça', e Areia, nas festividades de 'Frio, Areia e Arte'. O Projeto Cachaça de Alambique é resultado da parceria entre o Sebrae, Fiep, Sindibebidas, Aspeca, CNI e Procompi. O objetivo é o aperfeiçoamento produtivo do segmento, com ações de acesso a mercado e inovação para o setor. Atualmente, mais de 30 engenhos do Brejo e da Zona da Mata Paraibana integram a iniciativa.

Serviço:
Sebrae Paraíba - (83)2108-1100

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em

Raquel

Raquel

22/09/2009 19:42:08
Fuii pra paraiiba e adoreEii..