Nova Rua 24 Horas será reaberta este mês em Curitiba (PR)

O tradicional ponto turístico de Curitiba irá reabirir as portas após quatro anos fechado. No espaço completamente renovado, curitibanos e turistas vão encontrar uma moderna praça de alimentação e um variado mix de comércio e serviços

  
  
Rua 24 Horas, em Curitiba

A nova Rua 24 Horas vai abrir as portas na primeira quinzena de novembro. No espaço completamente renovado, curitibanos e turistas vão encontrar uma moderna praça de alimentação e um variado mix de comércio e serviços que inclui lavanderia, papelaria, livraria, casa lotérica, correios, atendimento bancário, chocolateria, café, adega, casas de lanches, souvernires, confeitaria, artesanato, sorvetes e perfumaria e cosméticos.

Os espaços começaram a ser ocupados com a instalação das lojas, a partir de reforma feita pela Prefeitura e entregue em junho deste ano. Na obra foram investidos R$ 4,1 milhões. A reforma mantém as características arquitetônicas da rua, aí incluídos os arcos e o relógio que marca as 24 horas do dia. Foram feitas, entre outras obras, a troca de cobertura, pisos, sistema elétrico e hidráulico e novo cabeamento.

A Rua 24 Horas é uma galeria que liga as ruas Visconde de Nacar e Visconde do Rio Branco. Marcou época em Curitiba, ao ser inaugurada com atendimento dia e noite, em um tempo em que o comércio noturno ia pouco além de algumas farmácias de plantão.

Com o tempo, a 24 Horas passou a necessitar de reformas na estrutura e de mudança no conceito de atendimento dia e noite, o que levou a maioria dos comerciantes a abandonar o projeto. A rua foi fechada em setembro de 2007 e duas licitações para reforma e administração foram frustradas por falta de interessados.

A Rua 24 Horas
A "Rua 24 horas" é uma galeria aberta ao público 24 horas por dia, em Curitiba. Inaugurada em 1992, é a primeira rua desse estilo no Brasil. A Rua 24 Horas é um espaço coberto, com opções de lazer, comércio e serviços, e que simplesmente não dorme. É ponto de encontro e entretenimento para turistas e curitibanos. Possui revistaria, lojas de roupa e artesanato, lanchonetes, bares, restaurantes, acesso à Internet, farmácia, floricultura e banco 24 horas.

A galeria possui 116 metros de extensão. Construída em estrutura metálica tubular em forma de arcos e cobertura de vidro. O projeto é dos arquitetos Abrão Assad, Célia Bim e Simone Soares.

Dois grandes relógios, um em cada entrada (ou saída), marcam horas em 24 intervalos, em lugar de 12. Eles são iluminados e comandados por uma central eletrônica a quartzo.

Fonte: Ideias.org

  
  

Publicado por em