Novo voo estimula a promoção do Brasil na Rússia

Ao lado de China, Índia e Oriente Médio, a Rússia é considerada um mercado emergente e com grande potencial para a promoção do turismo brasileiro.

  
  

Com nova rota da TAP, que liga Lisboa a Moscou cinco vezes por semana, as ofertas turísticas do Brasil ficaram mais acessíveis ao turista russo. É que a companhia aérea mantém 67 frequências semanais para oito cidades brasileiras (Brasília, Belo Horizonte, Fortaleza, Natal, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo) e, com o novo voo, as conexões para o País, a partir de Lisboa, estão facilitadas.

Para aproveitar a oportunidade de ampliar a sua participação nesta importante fatia do mercado internacional, o Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), incrementou o investimento em ações junto ao trade turístico russo para divulgar destinos brasileiros naquele País.

As duas cidades maiores cidades do país, São Petersburgo e Moscou, receberam, entre os dias 17 e 21 de setembro, o 1º Roadshow do Brasil na Rússia, que levará informações sobre destinos e produtos turísticos brasileiros para os maiores operadores e agentes de viagens locais. Além da apresentação, haverá ainda rodada de negócios e atrações culturais.

O roadshow antecedeu a realização da Leisure, o mais importante feira da indústria de viagens da Rússia, que aconteceu entre os dias 22 e 25 de setembro em Moscou. Em sua 15ª edição, a feira espera reuniu mais de mil expositores de 112 países, com público estimado em 60 mil visitantes.

“Os novos voos da TAP entre Moscou e Lisboa permitem que o turista russo embarque para o Brasil em horários mais adequados, gaste menos tempo e tenha maior conforto em sua viagem”, avalia o diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marcelo Pedroso.

“Com estas condições favoráveis, esperamos atrair um turista que é conhecido pelo seu alto poder de compra e gastos elevados em viagens internacionais”, conclui.

As ações da Embratur ganham ainda mais destaque com a assinatura do acordo entre Brasil e Rússia para a abolição do visto, de até 90 dias, para entrada de turistas entre os dois países. O acordo foi assinado no ano passado, durante a visita do presidente russo Dimitri Medvedev ao País.

O Brasil recebeu, em 2008, 13.850 turistas russos. Ao lado de China, Índia e Oriente Médio, a Rússia é considerada um mercado emergente e com grande potencial para a promoção do turismo brasileiro.

Fonte: Embratur

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em