O fascinante mundo de aventuras do sertão brasileiro

Com infra-estrutura, qualificação e muita hospitalidade, o Rio Grande do Norte se fortalece como um dos principais destinos turísticos do país

  
  

Prepare-se para conhecer um dos tesouros mais fascinantes do Nordeste. Entre igrejas, museus, sítios arqueológicos e muita aventura, o sertão do Seridó, no Rio Grande do Norte, conserva um roteiro alternativo às belezas do litoral, que permite ao turista vivenciar um pouco da história e dos costumes desta ensolarada região brasileira.

A viagem começa com uma visita à Mina Brejuí, no município de Currais Novos. Ela foi uma das maiores produtoras mundiais de scheelita, com seus 60 km de túneis subterrâneos e galerias voltados à mineração. De lá, a paisagem são as serras do Seridó, que levam a uma trilha nos Cânions dos Apertados, um verdadeiro oásis para os amantes de esportes cheios de adrenalina como escalada, rappel e trekking.

Após repor as energias com a galinha caipira, carro-chefe da gastronomia local, a próxima parada é Acari, município com um marcante patrimônio histórico-cultural e que tem um título que vale a pena ser conferido, o de cidade mais limpa do Brasil. Não deixe de visitar o Museu Histórico e o açude Gargalheiras, um santuário ecológico com trilhas e opções para o turismo de aventura.

Outros municípios da região também merecem fazer parte do roteiro por sua hospitalidade e grandes atrações. Carnaúba dos Dantas, por exemplo, tem mais de 70 sítios arqueológicos catalogados, onde é possível fazer uma verdadeira viagem aos tempos de nossa pré-história por meio de formações rochosas, gravuras e pinturas remotas. É lá também onde fica o famoso Castelo di Bivar. Quem já esteve nesta réplica dos grandes castelos renascentistas franceses garante que a memória guarda o momento tão bem como qualquer câmera fotográfica.

Se a ideia é não voltar para casa sem dar um abraço caloroso no litoral potiguar, Natal tem praias deslumbrantes, como a de Ponta Negra, onde fica o Morro do Careca, um dos mais belos cartões-postais do estado. Já a praia dos Artistas tem o mar agitado, bom para o surfe e, com seus bares e boates, é um dos points mais procurados para os agitos noturnos.

No litoral sul, em Timbau do Sul, a praia da Pipa e suas dunas deslumbrantes deixam boquiabertos todos os marinheiros de primeira viagem. A paisagem é formada por falésias, águas calmas, trilhas em meio a Mata Atlântica e também pelo Santuário Ecológico da Pipa. Outra praia imperdível é a do Madeiro, que fica na Baía dos Golfinhos, considerada uma das 10 praias mais bonitas do Brasil. Confira também a praia de Pirangi, que tem o maior cajueiro do mundo e é ideal para a prática de esportes náuticos.

No litoral Norte, a pedida é Genipabu. As dunas atraem turistas do mundo inteiro, em busca de passeios de buggy, caminhadas e esportes nas incríveis montanhas de areia. As belezas naturais de outras praias da região, como as de Jacumã, São Miguel do Gostoso, Touros e de Ponta do Mel também são paradas imperdíveis para quem resolve visitar o Rio Grande do Norte.

81 MOTIVOS PARA VIAJAR PELO BRASIL

Essas e outras atrações do Rio Grande do Norte integram os 81 roteiros estruturados por meio do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil, do Ministério do Turismo. Esses roteiros contemplam 345 municípios de 113 regiões turísticas do país.

Lançado em 2004, o programa trabalha o desenvolvimento do turismo regional em todo o país e a gestão descentralizada dos destinos. O objetivo é estruturar, diversificar e qualificar a oferta turística brasileira para inserir, de forma competitiva, o produto Brasil no mercado internacional.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em