O turismo étnico mostra sua força em Alagoas

O turismo étnico é outro segmento que vem crescendo no Brasil, com o interesse dos turistas pela cultura e história de seu povo.

  
  
Grupo que se apresenta no GUESB

Alagoas possui diversos atrativos e produtos turísticos, sendo o segmento ‘sol e praia’ o mais conhecido. O turismo étnico é outro segmento que vem crescendo no Brasil, com o interesse dos turistas pela cultura e história de seu povo. Um dos exemplos desse segmento em Alagoas é o Grupo União Espírita Santa Bárbara (GUESB), que recebeu no último sábado (22), guias de turismo e representantes de receptivos de Maceió para uma visita técnica.

O GUESB é uma casa de cultura afro-brasileira, localizada no bairro Village Campestre II, que apresenta aos turistas dança, gastronomia, história e cultura, além de coordenar o projeto social Inaê, que atende mais de 300 pessoas da comunidade e 120 crianças, com oficinas de dança, pintura, artesanato, culinária, informática e idiomas.

A representante do Grupo União Espírita Santa Bárbara (GUESB), Mãe Neide Oyá d’Oxum, apresentou aos visitantes o produto turístico-cultural, que vem sendo trabalhado principalmente com o público italiano. Segundo Neide, os turistas procuram não só belas paisagens, mas também a cultura brasileira, que é representada na história dos negros e descendentes de africanos.

O segmento étnico está entre os produtos desenvolvidos para a nova oferta turística de Alagoas, com a estruturação da Serra da Barriga e seu Memorial Quilombo dos Palmares, assim como o Grupo União Espírita Santa Bárbara (GUESB). De acordo com o diretor de produtos da Setur, Jair Galvão, o segmento está sendo trabalhado em parceria com a Bahiatursa, para o desenvolvimento de um roteiro integrado entre Alagoas, Bahia e Pernambuco.

“Os atrativos e produtos já existem, só estão sendo melhorados e integrados em roteiros formatados para a comercialização, junto às operadoras de turismo e empresas de receptivo, que irão agregar novas opções em seus pacotes já trabalhados em Alagoas”, destaca Jair.

Para conhecer melhor o GUESB, entre em contato através do telefone 3378-7383 ou email projetoinae@bol.com.br.

Fonte: Secretaria de Turismo de Alagoas

  
  

Publicado por em