Parcerias para incrementar a comunicação na Copa 2014

O governo federal reuniu as 12 cidades-sede da Copa do Mundo da FIFA 2014 para discutir um elemento chave na promoção do evento: a comunicação

  
  

O governo federal reuniu as 12 cidades-sede da Copa do Mundo da FIFA 2014 para discutir um elemento chave na promoção do evento: a comunicação. O seminário aconteceu nesta terça-feira (29), em Brasília, e contou com a presença do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e da ministra Helena Chagas, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

Segundo Rebelo, a parceria entre as cidades que receberão a Copa é uma das ações para mobilizar o país para o evento. “As cidades têm trabalhado lado a lado, conhecendo experiências e trocando informações. Os desafios são comuns e é esse trabalho em equipe que nos dá a certeza de uma grande Copa do Mundo em 2014”, afirmou.

O seminário teve um convidado especial: o inglês Mike Lee, consultor internacional que já desenvolveu trabalhos como diretor de Comunicações e Assuntos Públicos da candidatura de Londres aos Jogos Olímpicos de 2012, conselheiro da candidatura do Rio de Janeiro aos Jogos Olímpicos de 2016 e estrategista que ajudou o Qatar a conquistar o direito de sediar a Copa do Mundo da FIFA de 2022.

Ele deu uma boa notícia às cidades-sede: há um grande otimismo internacional com relação à Copa 2014. “É importante identificar, desde já, as oportunidades para promover os valores do país, as mensagens-chave e o engajamento da população. O Brasil tem feito um bom trabalho e tem tudo para organizar um evento com competência”, disse.

Os representantes das capitais que receberão os jogos da Copa falaram sobre as atividades de comunicação que estão sendo desenvolvidas nos estados. “É importante termos um encontro como esse”, salientou Rodrigo Amorim, jornalista da Secopa de Mato Grosso. “Trocamos sugestões com as outras cidades e com o governo federal, que dão visibilidade aos nossos projetos pré-Copa para os jornalistas brasileiros e também para a mídia internacional”, afirmou.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em