Parque dos Corais, em Búzios, tem atrações diárias

O Parque é considerado o mais moderno centro de visitantes de parque natural. As paredes da histórica casa Colônia de Pescadores Z23 foram tomadas por projeções de vídeos sincronizados, em alta definição, feitos no fundo do mar de Búzios

  
  
Exposição no Centro de Visitantes - Búzios

O balanço do funcionamento do Centro de Visitantes do Parque dos Corais, em Armação dos Búzios, após pouco mais de um mês de funcionamento, atesta o total sucesso da iniciativa. Neste curto período, já foram contabilizados mais de três mil pessoas que puderam admirar a exposição imersiva, multimídia e interativa sobre o parque natural, um dos mais importantes e interessantes ecossistemas do país. Para atender ao crescente fluxo de visitantes, entre moradores e turistas, o Centro passou a funcionar todos os dias, das 15h à meia-noite. E o melhor: residentes em Búzios não pagam ingresso.

Para o biólogo Clóvis Castro, coordenador geral do Projeto Coral Vivo e responsável pela realização e operação do espaço "a ideia do Centro de Visitantes é trazer à tona todo o encantamento e beleza desse parque natural, que inclui os núcleos Bardot, Tartaruga e João Fernandes". Outro objetivo é que as pessoas não vejam “apenas” a superfície e que, literalmente, “mergulhem” no fundo do mar.

O Centro de Visitantes do Parque dos Corais de Búzios, que funciona na Rua das Pedras, é considerado o mais moderno centro de visitantes de parque natural. As paredes da histórica casa Colônia de Pescadores Z23 foram tomadas por projeções de vídeos sincronizados, em alta definição, feitos no fundo do mar de Búzios. Dividido em fragmentos inspirados no formato de pólipos de corais, formam um grande mosaico, que envolve os visitantes. Em quatro telas interativas, sensíveis a simples toques, são transmitidas informações sobre conservação, educação ambiental, oceanografia e ambientes marinhos de forma consistente e, ao mesmo tempo, divertida.

Todo o conteúdo disponível apresenta versões em português, inglês e espanhol. Do lado de fora, fica um aquário com seres encontrados no mar da região, além de uma lojinha com produtos exclusivos do Coral Vivo, com os recursos arrecadados revertidos também para ações ambientais do projeto. A coordenadora de Comunicação do Projeto Coral Vivo e bióloga, Débora Pires, conta uma novidade o projeto. "Há um pequeno museu em vitrines com peças físicas de espécies encontradas no mar de Búzios como esqueletos de corais, como o orelha-de-elefante, e uma coleção de molusco", diz.

Para o Centro de Visitantes do Parque dos Corais de Búzios, o Projeto Coral Vivo conta com a parceria da prefeitura da cidade e apoio da Secretaria Estadual do Ambiente (SEA), do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Colônia de Pescadores Z23 de Búzios.

Fonte: Instituto Ideias

  
  

Publicado por em

Pckosta

Pckosta

01/02/2012 19:46:51
Búzios, sempre surpreendendo seus visitantes a cada verão! Parabéns para mais esssa iniciativa cultural.