Pela primeira vez é registrada a entrada de 5,4 milhões de turistas estrangeiros em apenas um ano no Brasil

O casal símbolo desse momento veio para visitar o Rio de Janeiro e Salvador, dois conhecidos destinos de Sol e Praia, segmento que mais atrai visitantes

  
  

Hoje o Brasil comemora um novo recorde no turismo internacional. Serão mais de 5,4 milhões de turistas estrangeiros no país somente em 2011, um número inédito que consolida o bom momento do turismo no Brasil.

Além de ser um recorde, essa marca atingiu a meta prevista para 2011 e indica que, se o ritmo de entrada for mantido, o Brasil estará, em breve, em um novo patamar no cenário internacional.

“O Brasil está no centro das atenções de todo o mundo, a Copa do Mundo FIFA e os Jogos Olímpicos nos trouxeram uma grande visibilidade, que contribui para que as políticas de promoção fossem mais efetivas”, afirmou Flávio Dino, presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

Para ele, o cenário irá evoluir e consolidar o país como um dos grandes receptores de turistas do mundo. “Foi o melhor ano para o turismo em nossa história, crescemos acima da média mundial e consolidamos uma posição expressiva em nossa economia. Estamos evoluindo. Essa marca é prova concreta desse avanço e vai auxiliar a encurtar o caminho para chegarmos à meta de 10 milhões”.

Para celebrar junto aos principais atores desse momento, os turistas internacionais, a Embratur fez uma recepção especial ontem (19/12), no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro (RJ).

O grupo de turistas que desembarcou pela manhã, em um voo vindo de Atlanta, pode presenciar um show de bailarinos brasileiros e uma performance de cantores, como Fernandinho Beat Box, que faz sons semelhantes a instrumentos musicais com a boca.

Também houve distribuição de lembranças com as cores e a Marca Brasil. O casal Cherie e Robert George, da Georgia (EUA), selecionados para representar a marca 5,4 milhões, ficaram impressionados com a recepção.

“Estou muito honrada em participar desse recorde”, disse Cherie. Já Robert não acreditava que sua primeira visita ao Brasil seria tão importante. “É serio isso? Essa festa é para nós?”, indagou Robert.

O casal símbolo desse momento veio para visitar o Rio de Janeiro e Salvador, dois conhecidos destinos de Sol e Praia, segmento que mais atrai visitantes internacionais ao Brasil.

“Quero conhecer Copacabana”, disse Cherie, confirmando as estatísticas com um boné do Brasil na cabeça. Ela também lembrou de outro atrativo que deseja conhecer: “o Cristo”, disse com sotaque americano. Antes de saírem do aeroporto, Robert agradeceu a festa e disse que estava muito empolgado com a chegada ao país.

Robert e Cherie são personagens dessa festa, que também é de todos os brasileiros, e integram o grupo de turistas norte-americanos, os segundos da lista do ranking de entrada de turistas no Brasil. Só em 2010, foram mais de 620 mil visitando nosso país e com certeza há vários outros no total de 5,4 milhões que comemoramos hoje.

Segundo Dino, esses indicadores favoráveis derivam do notável esforço dos empresários e profissionais do turismo, associado aos programas dos governos federal, estaduais e municipais, que vêm investindo crescentemente em infraestrutura e promoção turística.

”Obviamente, essas ações seriam inócuas se o nosso país não estivesse navegando nas águas turbulentas da crise mundial com alta visibilidade e grande peso político”, ressaltou.

“É hora de superar os entraves e caminhar com firmeza para a marca dos 10 milhões de turistas estrangeiros, pautando o tema da competitividade de nossos destinos e produtos turísticos como uma questão nacional”, afirma o presidente da presidente da Embratur. “Qualidade e preço são debates fundamentais”.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Embratur

  
  

Publicado por em