Piauienses conhecerão turismo rural no Espirito Santo

A viagem objetiva o conhecimento de empreendimentos, produtos, serviços e estratégias de comercialização de turismo rural e agroturismo da região, que é considerada referência no Brasil.

  
  

Representantes das prefeituras de Teresina, União, Campo Maior, Pedro II e Castelo do Piauí, proprietários rurais e técnicos da Secretaria do Turismo (Setur), Sebrae, Secretaria do Desenvolvimento Rural (SDR) e Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) irão conhecer a realidade do turismo rural no Espírito Santo. A viagem técnica faz parte dos esforços da Setur e da prefeitura desses municípios para estruturar e desenvolver o turismo rural na região.

A viagem, que deve acontecer entre os dias 3 e 6 de setembro, objetiva o conhecimento de empreendimentos, produtos, serviços e estratégias de comercialização de turismo rural e agroturismo da região, que é considerada referência no Brasil.

De acordo com a diretora da Setur, Liége Moura, a visita pretende ser uma oportunidade para troca de experiências com os empresários capixabas, enriquecendo os empreendedores piauienses com novas ideias e proporcionando uma visão empresarial mais completa do mercado para investir, evoluir, realizar negócios e ter a competitividade que este segmento exige para se desenvolver.

“Depois desta troca de experiências, as prefeituras e os órgãos competentes irão fazer um levantamento da oferta turística para a viabilidade da criação de, pelo menos, dois roteiros turísticos rurais em cada um dos municípios participantes e a estruturação dos já existentes, além da criação de uma entidade representativa do turismo rural”, explica.

O Espírito Santo foi a região escolhida, porque o Estado apresenta negócios rurais que são referências de experiências bem-sucedidas e que possuem um modelo parecido com os empreendimentos e que podem servir de modelo adequando à realidade piauiense, compostos, basicamente, por pequenas propriedades de segmentos diversificados nos quais podem ser incrementados com restaurantes rurais, hotel fazenda, casa de chá, pesque-pague, chácara de lazer, turismo pedagógico - para crianças, haras, turismo de aventura, ecoturismo, entre outros.

Fonte: Secretaria de Turismo do Piauí

  
  

Publicado por em