Produção associada para incrementar destinos turísticos

Manual de Integração da Produção Associada ao Turismo traz o passo a passo sobre como desenvolver atividades turísticas

  
  

Manual orienta profissionais sobre como inserir a produção local na cadeia produtiva do turismo. Projeto do Ministério do Turismo (MTur) em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Associação de Cultura Gerais (ACG) beneficia 48 profissionais de destinos do entorno das cidades-sede da Copa de 2014. O objetivo é contribuir para a diversificação da oferta turística brasileira.

“A produção local é carregada de atributos culturais interessantes para o turismo. É preciso exercitar o olhar para identificar esse potencial. O manual irá contribuir, nesse processo, ao propor ações simples para auxiliar as pessoas a integrarem a produção à atividade turística”, explica a coordenadora-geral de Produção Associada ao Turismo do MTur, Gabrielle Andrade.

O Manual de Integração da Produção Associada ao Turismo traz o passo a passo sobre como desenvolver atividades turísticas inserindo produtos e processos produtivos interessantes para o turismo. O material foi testado durante visitas técnicas em Minas Gerais e Espírito Santo em outubro deste ano.

Agora, os 48 profissionais, participantes do piloto do projeto, aplicam o conteúdo do manual no dia-a-dia. Segundo Andrade, após a validação técnica, a idéia é que o manual seja uma ferramenta metodológica de referência para profissionais de todo país.

A diretora-executiva da Fundação Garcia D'Ávila, Cristina Fernandes, participante do projeto, classifica o manual como “fantástico”. “Estou encantada. O conteúdo esclarece, dá ferramentas de como fazer”, destaca. A fundação desenvolve ações de preservação da Reserva da Sapiranga, na Praia do Forte (BA), em Mata de São João (BA). A região conta com um castelo medieval de 1551 tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), o Castelo Garcia D'Ávila.

Com tantos atrativos e o manual em mãos, Fernandes resolveu incrementar as visitas ao local. “Já contratamos uma pessoa para fazer uma visita guiada e contar histórias. Agora estamos atrás de atores para interagir com os turistas e se caracterizarem como personagens da época”, relata Fernandes. A diretora está fechando, também, parcerias com operadores e o governo local para disponibilizar veículos para levarem turistas ao local.

Além de Mata de São João (BA), o manual está sendo implementado por profissionais dos municípios de Novo Airão (AM), Aquiraz (CE), Rota Norte (DF) – Planaltina, Sobradinho e Paranoá – Sabará (MG), Nossa Senhora do Livramento (MT), Gravatá (PE), Campo Largo (PR), Nova Friburgo (RJ), Ceará Mirim (RN), Viamão (RS), Holambra (SP).

Após as ações de campo, será montado um catálogo comercial de atividades formatadas pelos profissionais dos destinos e, ainda, serão realizadas ações promocionais e seminários de divulgação do manual em todo país.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em