Projeto Caminhos de Assis foi apresentado para lideranças de Maranguape / CE

Após a apresentação, foi marcada reunião entre a Setur e representantes da comunidade da região para apresentação de sugestões sobre a gestão e manutenção do projeto.

  
  

O Secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, apresentou, nesta última sexta-feira (06), em Maranguape, o projeto Caminhos de Assis. Orçada em R$ 2 milhões, a obra irá estruturar 123,86 km de estrada ligando os municípios de Maranguape e Canindé. Estiveram presentes ao evento, lideranças comunitárias, vereadores, empresários e os prefeitos dos municípios de Maranguape e de Caridade.

Segundo o Secretário, “é preocupação da pasta do Turismo, nesse governo, criar ambientes favoráveis para atrair o turista. Esse é o entendimento de quem faz turismo atualmente. Não nos responsabilizamos somente com promoção, mas também nos preocupamos em qualificar o produto”.Para o prefeito de Maranguape, George Valetim, essa é uma obra que vem complementar outros projetos importantes para o desenvolvimento do turismo na região.

Após a apresentação, foi marcada reunião entre a Setur e representantes da comunidade da região para apresentação de sugestões sobre a gestão e manutenção do projeto.

O Projeto

O projeto Caminhos de Assis, com obras iniciadas no final do último mês de janeiro, é um roteiro turístico religioso destinado aos romeiros que se dirigem a pé para Canindé. O município recebe 2,5 milhões de visitantes por ano, a maior parte na época dos festejos de São Francisco.

Com o objetivo de transformar a rota de peregrinação a Canindé em um produto turístico completo, ao longo do percurso será preparado um cenário religioso em que os peregrinos tenham uma boa acolhida e a segurança necessária para o prosseguimento tranqüilo de sua viagem.

O projeto, cujo prazo de entrega está previsto para final do mês de julho, prevê melhorias na estrada, na sinalização, e a construção de paradouros para repouso diurno e pernoite (com banheiros, dormitórios, local para refeição e oratórios). Para o secretário do Turismo Bismarck Maia "essa infraestrutura de apoio aos peregrinos, dará um novo impulso ao turismo religioso no Estado".

De Maranguape até Canindé, o trajeto passa, respectivamente, pelas localidades de Tabatinga, Penedo, Papara, Amanari, Lagoa do Juvenal, Inhuporanga e Caridade. Com este projeto o Governo do Estado prevê um aumento de 20% no fluxo de turistas além do incremento de R$ 20 milhões na economia local.

Em seus 123,86 km, o Caminho terá quinze estações religiosas, cada uma representando simbolicamente uma fase da vida de São Francisco, do nascimento (Maranguape), até a canonização (Canindé). Nestes locais de parada os romeiros encontrarão um espaço dedicado exclusivamente ao recolhimento espiritual e orações.

Fonte: Governo do Ceará

  
  

Publicado por em