Projeto Profissional Bom de Copa é lançado na Bahia

Empresários dos setores de hotéis, bares e restaurantes lançaram, em Salvador, o Projeto Profissional Bom de Copa, que faz parte do Programa Bem Receber Copa

  
  

Empresários dos setores de hotéis, bares e restaurantes lançaram, em Salvador, o Projeto Profissional Bom de Copa, que faz parte do Programa Bem Receber Copa, do Ministério do Turismo. O evento realizado no Hotel Golden Tulip reuniu empresários e trabalhadores de áreas ligadas ao turismo, assim como representantes dos governos estadual e municipal.

De acordo com o presidente do Conselho Baiano de Turismo (CBTur), Silvio Pessoa, 600 profissionais serão contemplados pelo projeto em Salvador. São 300 garçons e garçonetes, 100 gerentes de bares e restaurantes, 100 barmen e 100 atendentes.

Para Pessoa, ainda falta mão de obra qualificada para suprir as vagas existentes no mercado. “Não basta apenas um sorriso encantador, precisamos fazer com que os turistas se encantem e voltem. Temos que qualificar para não contratarmos mão de obra de outros estados”, argumenta.

O vice presidente da Federação Brasileira de Hospitalidade e Alimentação (FBHA), Wilson Calil, destacou que o projeto beneficiará mais de 8 mil empresas em todo o país. “Vamos fazer essa sensibilização nas 12 cidades sede da Copa de 2014 até março e esperamos iniciar a qualificação no mês de maio”.

Estado também investirá em qualificação para a Copa de 2014
O secretário de Turismo do Estado, Domingos Leonelli, destacou os investimentos realizados em qualificação desde 2007 e disse que o governo realizará novos investimentos. “Saímos de um investimento anual de R$ 500 mil até 2006 para um aporte anual de R$ 5 milhões e, devemos aplicar mais R$ 20 milhões até a Copa de 2014”, disse.

Leonelli disse ainda que o Estado buscará parcerias com a Prefeitura e Governo Federal e que já há uma meta inicial de qualificar pelo menos 1 mil taxistas de Salvador com o ensino de um segundo idioma.

Fonte: Governo da Bahia

  
  

Publicado por em