Reportagem do The New York Times aborda a vida selvagem no Pantanal

O repórter narra como foi sua passagem na região pantaneira, no Estado de Mato Grosso. Durante a estadia na região do Pantanal, ele observou diversas espécies da fauna pantaneira, como jacarés, tamanduá-bandeira, araras azuis e capivaras

  
  
A matéria foi publicada no dia 18 de outubro de 2011, a reportagem escrita por Seth Kugel, para a editoria de turismo do The New York Times

Publicada no dia 18 de outubro de 2011, a reportagem escrita por Seth Kugel, para a editoria de turismo do The New York Times, fala sobre o Pantanal Brasileiro. O repórter narra como foi sua passagem na região pantaneira, no Estado de Mato Grosso.

"A Rodovia Transpantaneira, apesar de seu grande nome, é uma estrada de terra inacabada de 90 ou mais milhas da cidade brasileira de Poconé até o Pantanal, uma das zonas úmidas mais vastas considerada por muitos o melhor destino para observação de animais da América do Sul", narra o jornalista.

Durante a estadia na região do Pantanal, o jornalista observou diversas espécies da fauna pantaneira, como jacarés, tamanduá-bandeira, araras azuis, capivaras e quatis.

Kugel comparou a região pantaneira à Amazônia, dizendo que o Pantanal vive à sombra do "vizinho gigantesco ao Norte". O repórter disse que apesar de amar a Amazônia por conta dos rios, aldeias, frutos exóticos e vastidão, as hospedagens na região são mais caras e mais distantes das cidades e aeroportos, além de ser difícil de observar os animais.

"No Pantanal, as onças podem ser evasivas, mas as capivaras, araras azuis, tamanduá-bandeira e os quatis vão praticamente posar para você se você se aproximar silenciosamente", relata o jornalista da publicação norte-americana.

Confira no link abaixo a reportagem na íntegra (em inglês)

Fonte: Pantanal Ecoturismo

  
  

Publicado por em