Roteiro turístico valoriza o comércio de Bento Gonçalves (RS)

Tour Via Del Vino, que percorre o centro urbano da cidade, será lançado no sábado (11)

  
  

A busca por melhores condições de vida e emprego foram os principais agentes que estimularam a imigração italiana ao Brasil, no final do século 19. Essas famílias trouxeram na bagagem a semente do que se tornaria uma das principais atividades econômicas do município de Bento Gonçalves, distante 109 km de Porto Alegre. Com o passar dos anos, a uva tornou-se produto de exportação e matéria-prima para vinhos premiados.

O crescimento abriu portas para o turismo, inserindo o Vale dos Vinhedos entre os principais roteiros turísticos do Rio Grande do Sul. Com o objetivo de mostrar aos turistas uma nova visão sobre o município, foi criado pelo grupo de empresários Viva Bento o tour Via Del Vino, que percorre o centro urbano da cidade, valorizando o comércio e a arquitetura histórica. O lançamento do roteiro será no dia 11 de julho, às 10 horas, durante a 40ª Convenção Estadual Lojista, no Salão Nobre da Prefeitura Municipal.

Considerada o coração de Bento Gonçalves, a Via Del Vino reúne os prédios mais antigos do município. Os estabelecimentos comerciais que se encontram nesta rua vêm de uma época de grande crescimento, quando a vida social e econômica da região se concentrava no endereço. O nome foi instituído em 1990, quando foi inaugurado o largo em frente à prefeitura, incluindo a La Fontana, famosa fonte com água cor de vinho, e criada uma estrutura de atendimento aos turistas.

A gestora do Polo de Comércio de Bens e Serviços do Sebrae/RS, Noeli Marta Turcatel, enfatiza a importância do projeto. “A região do Vale dos Vinhedos recebe 700 mil visitantes por ano e queremos atrair parte deles para o centro da cidade. Será muito importante para o comércio local. Levamos muito tempo para formatar esse roteiro, porque cada prédio conta uma história. Vamos oferecê-lo para as agências de viagem com o objetivo de comercializá-lo nos pacotes turísticos para o Vale dos Vinhedos”.

Um passeio pela história

Para o secretário do Conselho Municipal de Turismo de Bento Gonçalves, Gilberto Durante, o roteiro valoriza a história, a arquitetura e a imigração italiana, muito marcada nesse ponto central da cidade. "Com essa ação, será possível mobilizar a comunidade quanto à preservação do patrimônio”.

Durante explica que a criação do roteiro atende, também, a uma solicitação do Centro de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) e Sindilojas de Bento Gonçalves. “Ao atrair turistas para o centro comercial da cidade, estaremos oportunizando aos comerciantes trabalhar em melhorias como atendimento e desenvolvimento do mix de seus produtos”.

A tour tem início no Centro de Atendimento ao Turista. Os guias apresentam um vídeo de sete minutos sobre a história do município e conduzem os visitantes para o próximo local, o Clube Aliança, que abrigou competições esportivas, bailes e espetáculos. Construído na década de 1950, o atual prédio do Banco Santander foi ocupado por outras instituições financeiras, como o Banco Sulbrasileiro e Meridional.

O imóvel da atual prefeitura, inaugurado em 1901, já teve parte da estrutura ocupada por um presídio e, também, uma escola, onde estudou o ex-presidente da República Ernesto Geisel. A próxima parada é a Praça Dr. Walter Galassi, conhecida como Calçada das Artes, por abrigar obras de artistas dispostas em lages.

Fundada em 1925, a Casa Fasolo foi o primeiro curtume da região, com filial em Erechim. No mesmo local, funcionava uma loja que comercializava produtos como estofados, calçados e artigos para viagem.

A produção de vinhos também tem seu marco nessa história, com a construção da Casa Alegretti em 1905. Luiz Alegretti passou a elaborar vinhos na Linha Eulália até meados de 1920. Construiu, ainda, o prédio que hoje abriga a Casa Toschi, outro ponto de visitação. Antigamente sediava uma loja de secos e molhados na parte de baixo e, no andar superior, a residência. A rota segue para um ponto de grande importância para o crescimento do comércio na primeira metade do século 20. A Casa Bertani sediou tabelionato, gráfica e imobiliária.

Na reta final da tour, o público conhece o antigo Banco da Província, com dependências construídas em 1917 e hoje ocupadas pela Secretaria de Finanças. O próximo ponto é o Monumento a Bento Gonçalves, inaugurado em 1935, centenário da revolução Farroupilha, em homenagem ao seu líder. Perto dali está a Cruzinha, uma cruz de concreto erguida em 1926, que remete ao primeiro nome da cidade. O Santuário de Santo Antônio abriga, desde 1878, a festa em homenagem ao padroeiro. O passeio inclui, ainda, visitas aos prédios Casa Giovannini e antiga Vinícola Salton.

Atualmente, Bento Gonçalves está entre os 65 destinos nacionais de visitação selecionados pelo Ministério do Turismo. No Rio Grande do Sul, Gramado e Porto Alegre também fazem parte desta seleção.

O Projeto

O Viva Bento, criado em 2006, faz parte do Pólo de Comércio de Bens e Serviços da Serra Gaúcha. É desenvolvido pelo Sebrae/RS em parceria com Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato dos Lojistas (Sindilojas), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Universidade de Caxias do Sul (UCS), Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio), Prefeitura de Bento Gonçalves, Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Ipurb).

Serviço:
Sebrae/RS - (51) 3216-5165, 3216-5182 ou 9955-8192
Central de Atendimento ao Cliente do Sebrae - 0800-570-0800
Sebrae Serra Gaúcha - (54) 3290-4700

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em