Serra Catarinense: baixas temperaturas e turismo de aventura

Em meio a vinhos, chimarrões e churrasco, paisagens deslumbrantes convidam visitantes a se aventurarem entre cânions, cavernas e morros

  
  

Neve, rio congelado, paisagem quase toda cheia de gelo, temperatura abaixo de 0ºC e clima tipicamente europeu. Quem lê em um primeiro instante pensa em algum país do exterior, mas estamos falando da Serra Catarinense, o único lugar do Brasil onde é certo que ao menos uma vez no ano a paisagem fique branca e congelante.

As cidades que fazem parte da Serra Catarinense são Lages, São Joaquim, Urupema, Urubici, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro e Rancho Queimado. Todas ficam em uma região de campos, florestas e grandes cânions. Um dos grandes fortes desses municípios é o turismo rural, além do turismo de aventura que é proporcionado por todas as peculiaridades do local.

Numa região de belezas naturais deslumbrantes e muito frio, a hospitalidade local é uma das características mais marcantes. Nada mais gostoso que saborear um suculento churrasco - tradicional na região - e um papo descontraído numa roda de chimarrão. Sem dispensar o charme e o romantismo de um bom vinho à frente de uma lareira.

Para os amantes das atividades de aventura, a região não poderia apresentar mais atrações. Começando pelo Snow Valley - uma reserva de mata nativa localizada a 10 quilômetros do centro do município de São Joaquim - e onde fica a Estação Experimental de Fruticultura, podendo serem visitadas plantações de peras e maçãs e vistas paisagens com araucárias e xaxins gigantes. Ideal para quem gosta de aventuras, pois a altitude do local é um incentivo para atividades como o rapel.

Ainda em São Joaquim, visitar o Cânion Santa Cândida - situado a 15km de Bom Jardim da Serra, município vizinho - requer ao visitante caminhadas por trilhas ou também a cavalo. Já o Mirante - situado bem no alto da Serra do Rio do Rastro - é o local onde podem ser avistadas as encostas da serra, a estrada e a planície costeira.

Indo para a cidade de Urubici o turismo de aventura ganha ainda mais força. Cavernas e Grutas são um dos atrativos: a Gruta de Santa Terezinha e as cavernas de Rio dos Bugres atraem pela beleza única. O Morro do Oderdeng - Com 1.370m, é ideal para vôos de asa-delta e parapente. Mas os principais destaques são, sem dúvida, as cachoeiras: Véu de Noiva e a Cascata do Avencal, com 100m de altura, são ideais para a prática de rapel.

Este destino é contemplado pelo portal Viagem na Natureza (www.viagem-natureza.com.br), desenvolvido para oferecer conteúdo de qualidade sobre dezenas de destinos, parques nacionais e atividades de ecoturismo e Turismo de aventura - tudo reunido para ajudar o turista a desfrutar da natureza brasileira da maneira mais segura e divertida possível.

Fonte: AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em