Troca de vivências pelo turismo de base comunitária

Um intercâmbio importante para todos, que ensinam e aprendem ao mesmo tempo

  
  

A mesa de debates “Expedições turísticas de Base Comunitária” apresentou ao público os diversos aspectos dessa modalidade do setor. A discussão envolveu Diego Gazola, diretor da Muda de Ideia, Maria Tereza Meinberg, fundadora da operadora Turismo Consciente e Anna-Maria Kuhne, proprietária da pousada Refúgio 5 Amigos.

Em comum todos têm a promoção, de forma consciente e sustentável, do turismo de base comunitária, onde a comunidade local do roteiro é envolvida no processo turístico, oferecendo serviços. “O atrativo está em trocar experiências com estas pessoas, em vivenciar o dia-a-dia. É uma imersão importante para todos, que ensinam e aprendem ao mesmo tempo”, diz Gazola.

“As pessoas acham que turismo de base comunitária está relacionado a comer e dormir mal e ficar por um tempo como hippie, e não é assim”, afirma Maria Tereza. “Temos roteiros em que as pessoas podem optar em dormir na rede na casa de alguém ou passar o dia na comunidade e dormir confortavelmente num hotel à noite”, conta.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em