Turismo de eventos gera receita de R$ 521 milhões para Curitiba em 2010

De acordo com o levantamento, foram realizados em Curitiba e Região Metropolitana 218 eventos, que reuniram aproximadamente 500 mil participantes

  
  

O departamento de eventos do Curitiba Convention & Visitors Bureau, entidade sem fins lucrativos mantida pela iniciativa privada para incentivar o setor de turismo, acaba de fechar o balanço econômico dos eventos técnico-científicos realizados na cidade em 2010. De acordo com o levantamento, foram realizados em Curitiba e Região Metropolitana 218 eventos, que reuniram aproximadamente 500 mil participantes, totalizando 300 mil congressistas de outras localidades.

Com relação à movimentação financeira foram injetados R$ 521 milhões na economia local. Os cálculos são realizados com base em uma pesquisa realizada pela Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux que indica que o turista de negócios e eventos gasta em média R$ 320,00 por dia com hospedagem, transporte local e alimentação. Neste caso, são contabilizados os eventos técnico-científicos, a exemplo, dos congressos, convenções, seminários e as feiras comerciais.

"É importante ressaltar que o valor monetário apontado pelo levantamento não fica nas mãos de um único empreendimento. É um valor que gera benefícios em vários setores como hotelaria, gastronomia, transporte e também na iniciativa pública, uma vez que a maioria dos participantes de eventos com este perfil depende da nota fiscal para reembolso", reforçou Dario Luiz Dias Paixão, presidente do Curitiba Convention & Visitors Bureau.

Captação - Em 2010, vinte novos eventos foram captados para Curitiba e se realizarão até 2014. Serão gerados aproximadamente R$ 87 milhões em receita proveniente de 75 mil visitantes, entre participantes dos eventos e acompanhantes. "O balanço econômico aponta dois números: o primeiro corresponde aos eventos efetivamente realizados no ano vigente e o segundo refere-se ao trabalho de captação de novos eventos para a cidade que, geralmente, se realizará em anos posteriores ao da captação. Podemos dizer que o trabalho do Curitiba CVB é cíclico e seu impacto é sentido ano após ano. Todo esse incremento de receita na economia local é alçado devido ao esforço e dedicação das gestões anteriores e do trabalho que será realizado a médio e longo prazos. Para tanto, o Curitiba CVB dedica-se exaustivamente à pesquisa e monitoramento de futuras captações", relatou Paixão.

Fonte: Alléttera Comunicação Empresarial

  
  

Publicado por em