Turismo do Mercosul busca sistema de dados comum

Países reunidos em Assunção destacam a importância de dados e estatísticas que usem a mesma metodologia

  
  

Um dos temas tratados hoje (16) durante a IX Reunião de Ministros de Estado de Turismo do Mercosul – RMTur, que está sendo realizada em Assunção, Paraguai, foi a necessidade de sistematizar as estatísticas turísticas entre os países da região. As autoridades foram enfáticas ao afirmar que o tema é de fundamental importância para ações integradas de promoção turística.

O Brasil já cedeu a tecnologia Cadastur para o Paraguai, sistema de cadastramento de empresas e profissionais do turismo. O país presta consultoria para que o software seja adaptado à realidade paraguaia. Argentina e Uruguai, no entanto, utilizam outro sistema. Os demais países também têm ferramentas próprias, o que ainda traz dificuldades para a comparação de dados.

Segundo o ministro Pedro Novais, a homogeneização permitirá uma melhor gestão das políticas de turismo no bloco. “Há dificuldades para reunirmos os dados e estabelecermos parâmetros e metas. Temos o objetivo comum de um selo de qualidade entre os países, para avaliarmos com segurança nosso desenvolvimento turístico”, disse.

A ministra do Turismo do Paraguai, Liz Rosanna Cramer Campos, elogiou o incentivo dado com a experiência do Cadastur e afirmou que ela tem permitido a integração de entidades turísticas da capital Assunção com as de regiões mais distantes do país. “Temos a obrigação de desenvolver um padrão comum dentro do Mercosul para que o crescimento turístico se dê de forma mais rápida e mais integrada”.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em