UFC Rio: Fãs podem escolher participantes e vendas de ingressos começam em maio

Com 17 anos de existência, o UFC é uma das mais bem sucedidas marcas esportivas do mundo e vale hoje em torno de R$ 1.8 bilhão. Cada noite de luta do maior evento de arte marciais do mundo costuma atrair de 12 mil a 20 mil pessoas

  
  
UFC - Rio

Sucesso no mundo inteiro, o UFC (Ultimate Fighting Championship), organização profissional que mistura artes marciais e oferece uma série de eventos esportivos na categoria de MMA (Mixed Marcial Arts), passa a fazer parte do calendário oficial do Rio de Janeiro (RJ).O primeiro evento já acontece este ano, no dia 27 de agosto, no HSBC Arena, na Barra da Tijuca. Os ingressos começam a ser vendidos no mês de maio. E os fãs podem escolher 12 participantes brasileiros, via internet, até o próximo dia 25.

A enquete está no site www.ufc.com.br e tem como objetivo mostrar a popularidade dos lutadores brasileiros.Com o objetivo de conhecer a preferência do público e ajudar na montagem do esperado card, o UFC disponibilizou uma lista com 33 brasileiros que podem ser votados. Você também pode acompanhar detalhes da programações e receber informações sobre a venda de ingressos.

Com 17 anos de existência, o UFC é uma das mais bem sucedidas marcas esportivas do mundo e vale hoje em torno de R$ 1.8 bilhão. Cada noite de luta do maior evento de arte marciais do mundo costuma atrair de 12 mil a 20 mil pessoas ao redor do octógono, dependendo do tamanho da arena. Pela televisão, os números são monumentais, com exibições em 130 países, em 20 línguas diferentes. Cerca de 351 milhões de lares acompanham cada edição.O UFC produz doze eventos por ano e o Brasil representará o sétimo país a receber uma edição, depois do Canadá, Alemanha, Inglaterra e Irlanda, Emirados Árabes Unidos e Austrália. A escolha do Rio de Janeiro como sede do UFC ocorreu após reunião com os representantes do campeonato.

O interesse da marca pelo Brasil ficou óbvio devido à paixão do brasileiro por luta.Atualmente, o Brasil tem seus representantes no Clube dos melhores do mundo. Mauricio Shogun, Junior Cigano,Wanderlei Silva, Rodrigo Minotauro, José Aldo, Vitor Belfort e Anderson Silva, a maior estrela de todas. Das sete categorias existentes no UFC, o Brasil possui titulo em duas (Anderson Silva e José Aldo).

Vale-tudo é passado
Fundado em 1993 pelo brasileiro Rorion Gracie, o UFC tinha como objetivo principal provar que o jiu-jitsu verde e amarelo era a mais eficiente entre todas as modalidades de luta. Cada lutador enfrentava no mínimo três atletas em uma única noite, sem regras e categorias de peso. Nas mãos dos irmãos Fertitta, entretanto, o UFC se reinventou e 32 regras foram estabelecidas.

Diversos golpes são proibidos e os lutadores foram divididos em categorias de pesos (pluma, pena, leve, meio médio, médio, meio-pesado e pesado). Eles se enfrentam em um octógono durante três rounds de cinco minutos cada. As disputas pelo cinturão são realizadas em cinco rounds. Além disso, um rigoroso acompanhamento médico passou a
ser obrigatório para todos os profissionais. Portanto, o nome “vale-tudo”, como foi promovido o esporte em seu início, perdeu o sentido. A etapa do UFC no Rio de Janeiro tem apoio da Prefeitura através da Riotur.

Fonte: Rio Guia Oficial

  
  

Publicado por em