Viagem virtual ao fundo do mar

Novo centro de visitantes do Parque dos Corais de Búzios (RJ) tem exposição com imagens em 3D e menu interativo. A exposição tem quatro telas interativas. Em uma delas, a sensação é de profundidade, onde se pode “nadar” entre os peixes

  
  
A unidade conta com uma inovadora exposição permanente imersiva, multimídia, com telas interativas e imagens em 3D

O balneário de Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, agora tem um novo atrativo para moradores e turistas. É o centro de visitantes do Parque Natural dos Corais, uma das maiores comunidades coralíneas do mundo, com espécies raras, que fazem com que a pesca seja possível. A unidade, inaugurada nesta quinta-feira (08/12), no Centro de Búzios, conta com uma inovadora exposição permanente imersiva, multimídia, com telas interativas e imagens em 3D sobre a biodiversidade marinha da região. Pelos corredores da antiga casa de pescadores da colônia Z-23, é possível apreciar de perto o fundo do mar da cidade. Os monitores mostram variadas espécies, em um mergulho virtual. É possível simular situações para avaliar a ação do homem no ambiente, conhecer os hábitos alimentares das espécies, entre outras curiosidades. Há opções de menu em inglês e espanhol para os turistas estrangeiros.

A exposição tem quatro telas interativas. Em uma delas, a sensação é de profundidade, onde se pode “nadar” entre as espécies que existem no mar de Búzios, como peixes, corais e algas. O visitante ainda pode escolher que ponto do mar de Búzios quer conhecer. É possível ver os peixes da área costeira ou visitar áreas mais profundas. Durante a visita, o público pode admirar o colorido dos corais do fundo do mar de Búzios. Para ter informações sobre os hábitos alimentares e as conexões entre as espécies, o visitante só precisa tocar na tela. Na opção de águas mais profundas, é possível ver os golfinhos que visitam com frequência o mar de Búzios. É possível ainda conhecer a cadeia alimentar dos animais e fazer simulações. O mar de Búzios é conhecido pela grande variedade de ecossistemas presentes.

A entrada tem custo de R$ 10, mas idosos e estudantes pagam a metade da tarifa, e a receita da bilheteria é toda revertida para as ações de educação ambiental e conservação de ambientes coralíneos do Projeto Coral Vivo em Búzios. O Centro de Visitantes do Parque dos Corais de Búzios é sobre uma unidade de conservação do município, criada em janeiro de 2010. Por meio de convênio com a prefeitura local, o Projeto Coral Vivo - que pertence à Associação dos Amigos do Museu Nacional e é patrocinado pela Petrobras - é o responsável pela realização e operação dele. O Centro de Visitantes do Parque dos Corais fica na Rua das Pedras, 141 – Centro de Búzios.

A iniciativa conta com o apoio da Secretaria Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (SEA), do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Colônia de Pescadores Z23 de Búzios. A unidade é uma realização da Prefeitura de Búzios em parceria com instituições participantes como ONG ‘Coral Vivo’, a Colônia de Pescadores de Búzios Z-23, a Ong ‘SOS Mata Atlântica’, a Universidade Federal Fluminense e a Associação Amigos do Museu Nacional, além de patrocínio da Petrobras.

O Parque dos Corais é um dos maiores projetos ambientais de Búzios

Conheça o Parque dos Corais - Com área total de aproximadamente 56 ha, o Parque dos Corais foi criado em 2009, por meio de decreto municipal, e está dividido em três grandes núcleos: Núcleo João Fernandes, Núcleo Tartaruga e Núcleo Bardot, onde ocorrem as principais comunidades coralíneas em torno da península de Búzios. Para a secretária de Maio Ambiente, Adriana Saad, a execução desses projetos significa o início de uma luta de preservação e recuperação dos ambientes marinhos de Búzios, que são a base da sustentabilidade econômica do município.

O Parque dos Corais é um dos maiores projetos ambientais de Búzios. A cidade conta com uma incrível quantidade de corais raros que fazem com que a pesca seja possível. O problema é que, com a poluição ambiental, esses corais acabam não sobrevivendo. A criação do Parque dos Corais aconteceu em janeiro deste ano, com o objetivo de preservar essa vegetação marinha. A conservação desse local é um projeto a longo prazo. Foi realizado um mapeamento que detectou os principais bancos de corais que precisam de proteção.

Serviço
Exposição Mergulho Multimídia – Centro de visitantes do Parque dos Corais de Búzios
Horário de funcionamento: De terça a domingo. Entre dezembro e março, das 11h às 0h. De abril a novembro, das 17h às 23h.
Local: Rua das Pedras, 141 - Centro de Búzios (antigo prédio da colônia Z-3)
Preço: R$ 10 (inteira) / R$ 5 (meia)

Fonte: Monte Catelo Ideias

  
  

Publicado por em