Viver Belo Horizonte ao ar livre

Em BH, o que não falta são opções de lazer em parques, praças e áreas verdes que tornam a capital ainda mais gostosa para se viver

  
  
Parque das Mangabeiras com a Serra do Curral ao fundo

Respirar ar puro, relaxar, fazer piquenique rodeado por muito verde e por uma natureza belíssima. Parece até roteiro de férias, em um lugar distante, isolado. Mas programas como este podem ser realizados aqui mesmo, nos 69 parques e nas centenas de praças de Belo Horizonte. E o melhor de tudo: é de graça.

A metrópole, cercada pelo mundo dos negócios, cheia de carros, de arranha-céus, movimentada pelo grande número de pessoas que aqui vivem [são dois milhões de habitantes apenas na capital] também tem seu lado bucólico e possui lugares incríveis para serem desfrutados. E muitos belo-horizontinos e turistas têm escolhido, como programas de fim de semana, esses agradáveis passeios ao ar livre.

As possibilidades são muitas. No Parque Municipal, por exemplo, é possível andar de pedalinho e, assim, esquecer o estresse da vida agitada. Outra opção é fazer uma caminhada pela pista de cooper, com muito verde para ser admirado ao longo do percurso. Um programa também usual ocorre, principalmente, nas manhãs de domingo, quando a grama do Parque se transforma em um imenso tapete. Cada visitante estende sua toalha preferida, para um piquenique em família ou apenas para deitar e aproveitar a paisagem.

Na Praça do Papa, as crianças soltam pipa, os cães correm de um lado para o outro, a turma toca violão na roda, o pipoqueiro simpático e o vendedor de água de côco natural marcam presença. Tudo com a melhor vista da cidade, compondo o cenário para uma perfeita tarde de domingo em Belo Horizonte.

O Parque das Mangabeiras, um dos maiores parques urbanos da América Latina, é ponto certo para quem quer curtir a natureza e aproveitar a melhor visão da Serra do Curral.

Na Praça da Liberdade, considerada como um símbolo do poder no século 19, é possível sentar em um dos bancos e admirar os prédios arquitetônicos mais bonitos da cidade. Até durante a semana, tem gente que não abre mão de relaxar por lá ao final do expediente.

Nas ruas de Belo Horizonte, também há muitas atrações. É comum encontrar algum músico fazendo um som e divertindo quem passa por ali. Artistas de ruas, como malabaristas de circo, fazem apresentações únicas e especiais nas praças. Os meninos do skate aproveitam as rampas espalhadas pela cidade para fazer manobras radicais. Já virou tradição para os ciclistas reunir a turma e pedalar à noite pela cidade ou curtir um dia ensolarado pedalando em volta da Lagoa da Pampulha ou nas trilhas próximas à capital.

BH é assim: ideal também para quem curte programas simples, relaxantes, que trazem um novo ânimo, que revigoram as energias. A cidade grande, com jeito de interior, oferece espaço e opções para todo mundo respirar, contemplar, experimentar. Viver em BH é desfrutar a beleza de lugares únicos que encantam aqueles que adoram curtir a beleza do dia ou sentir a liberdade da noite. Viver em BH é viver ao ar livre, é saber que cada um tem aquele espaço predileto, aquele programa certo de toda semana, que torna a grande metrópole única, exclusiva e do tamanho exato para a felicidade de cada um.

Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte

  
  

Publicado por em