Volunturismo mobiliza comunidade na Chapada dos Veadeiros

Um novo segmento turístico está ganhando espaço no mundo inteiro, o Volunturismo, conhecido também como Turismo Voluntário ou Solidário.

  
  

Um novo segmento turístico está ganhando espaço no mundo inteiro, o Volunturismo, conhecido também como Turismo Voluntário ou Solidário, que reúne voluntariado e turismo para criar uma experiência híbrida que na maioria dos casos, ultrapassa a imaginação, e a expectativa do participante, o “volunturista”.

Volunturismo é definido como o conjunto integrado de serviço voluntário para um destino - seus residentes e ambiente – com os elementos tradicionais do turismo - artes, cultura, lazer, história, geografia – daquele destino, possui quatro elementos básicos:
1) implica em uma participação ativa,
2) É (relativamente) espontâneo,
3) Não é motivado por ganhos financeiros,
4) Incide sobre o bem comum.

Os volunturistas apreciam trabalhar com crianças mais do que com qualquer outro grupo. Há também os que preferem ajudar o meio ambiente, mas este grupo é menor do que quem quer ajudar pessoas, e principalmente, crianças.

Volunturismo na Chapada dos Veadeiros - A Travessia Ecoturismo, empresa associada à ABETA, é uma das primeiras empresas a trabalhar com o Volunturismo no Brasil, recebendo britânicos para reformar escolas na região da Chapada dos Veadeiros desde 2005, já tendo sido reformado quatro escolas na região.

O trabalho é resultado de uma parceria entre a Travessia e a instituição de caridade Câncer Research, que arrecada recursos para investir na pesquisa do câncer, uma parte deste é destinado a aquisição de materiais para reformar escolas em vários países e cobrir os custos da viagem de quem fez a arrecadação.

A Travessia Ecoturismo sugere a escola a ser reformada e elabora o projeto técnico e financeiro. Uma vez aprovado, é iniciada uma fase de negociações com as prefeituras locais a fim de conseguir apoio logístico para as reformas.

As obras são iniciadas antes dos grupos chegarem e a parte final do trabalho é deixado para ser concluído em ritmo de mutirões com a participação dos financiadores e comunidades locais. Geralmente são grupos grandes, em torno de 40 volunturistas e o mesmo número de comunitários, os mutirões são organizados em grupos menores que são responsáveis por determinadas tarefas.
Além de sugerir, executar os projetos de reforma e organizar os mutirões, a Travessia organiza toda a logística para a chegada dos grupos, monta acampamentos de alta qualidade com banheiros, cozinha, galpões de palha para refeições, além de espaços de integração, fogueiras e até um bar. A cada ano a estrutura montada é deixada para a comunidade como apoio ao desenvolvimento do ecoturismo na área, que geralmente tem bom potencial.

Como contribuição da Travessia aos projetos, não é cobrada nenhuma taxa administrativa na execução das obras, a empresa organiza o trabalho voluntário de uma equipe multidisciplinar local, envolvendo, arquitetos, engenheiro, pedreiros, ajudantes além de conseguir apoio das prefeituras municipais e lojas de materiais de construção.

A cada escola reformada há uma notável mudança na qualidade do ensino, pois uma vez que estrangeiros vem melhorar a situação do ensino local, as prefeituras acordam para a situação e participam com a logística e melhoria dos equipamentos, mesas e cadeiras, cozinha e materiais.

Além dos grupos financiarem as reformas e participarem dos mutirões, eles trazem uma grande quantidade de materiais escolares e brinquedos educativos, que são deixados nas escolas e distribuídos entre os alunos.

A cada ano são identificadas as manifestações culturais mais expressivas de cada comunidade e organizados apresentações e workshops mostrando a culinária, danças, musica e celebrações tornando cada projeto uma grande vivência cultural.

Como elementos de integração entre os grupos e comunidades, há o trabalho de construção, onde parte dos participantes estrangeiros são construtores, ensinam e aprendem técnicas diferentes além do futebol, todas as tardes após o trabalho há partidas, os visitantes trazem bolas e uniformes e distribuem na comunidade.

No ultimo dia é organizada uma cerimônia de entrega dos trabalhos com a participação de toda comunidade, prefeitos, secretários de educação, professores, autoridades locais e alunos. Medalhas são entregues a todos que trabalharam e ajudaram o projeto de alguma forma. Após a cerimônia uma grande partida de futebol é promovida, jogando o time do projeto contra o time oficial da cidade.

Fonte: ABETA

  
  

Publicado por em

Allisson Ismael

Allisson Ismael

04/09/2011 01:41:49
Queria ter oportunidade de participar, gostaria de saber como faço pra obter esse privilégio. Parabéns pela iniciativa.

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá, Para mais informações favor entrar em contato com a ABETA. Atenciosamente, Equipe EcoViagem
Neide Regina

Neide Regina

22/06/2009 08:56:09
Amei a reportagem e a iniciativa tbem,faço parte de uma ONG e gostaria muito de poder partecipar,a Ong é a Amisrael os Agentes da Paz,desenvolvemos tbem ações no meio ambiente o site é www.amisrael.com.br,sou pedagoga e formada tbem em Estudos sociais e história e sou facinada para trabalhar com pessoas e já faço um trabalho voluntário.

Mary Nancy

Mary Nancy

18/06/2009 11:24:13
Já conheço Alto Paraiso e Chapada, adorei a matéria é td que quero vivenciar e viver, como posso obter maiores informações? Quero me mudar para lá até p mais rapido possivel.Quero dar minha contribuição com trabalho e aprender participando.
Aguardo resposta,
Mary Nancy

Aimée G. Rocha

Aimée G. Rocha

12/06/2009 14:44:57
Muito bom, parabéns, fiquei encantada com a matéria sobre o volunturismo, pretendo participar, vou mudar-me para Alto Paraiso de GO no final do ano.

Grata
Aimée

Carmen Aguileira

Carmen Aguileira

05/06/2009 16:49:56
Olá,
Sou professora de História e guia de turismo. Gostaria imensamente de participar do voluntturismo. Como posso obter maiores informações sobre o projeto? A quem procurar?
Att,
Carmen Aguilerira

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Carmen, O Portal EcoViagem é um veículo de comunicação do qual não possui vínculo com as empresas e organizações anunciantes. Para obter maiores informações, queira entrar em contato com a empresa anunciante "ABETA". Agradecemos o contato Portal EcoViagem