Cidades do Piauí promovem roteiros religiosos

Cidades piauienses como Floriano, Oeiras, Teresina, Bom Jesus e Esperantina aproveitam a Semana Santa para promover o turismo religioso

  
  

Cidades piauienses como Floriano, Oeiras, Teresina, Bom Jesus e Esperantina aproveitam a Semana Santa para promover o turismo religioso, com apoio da empresa Piauí Turismo (Piemtur) e parceiros. “A motivação religiosa está ligada ao turismo desde o início dessa atividade, sendo responsável pelo fluxo de milhões de pessoas no país e no Piauí”, disse Nara Aires, coordenadora regional da Piemtur em Floriano.

Ela afirma que um bom exemplo é o deslocamento de cerca de 7 milhões de fiéis a Aparecida, no Vale do Paraíba, em São Paulo, um conhecido centro de peregrinação. Segundo a turismóloga, a busca por milagres faz com que essas pessoas criem “caminhos da fé”, que são estruturados para atrair visitantes. Ela explica que a cidade Santiago de Compostela, na Espanha, teve origem na expulsão dos muçulmanos e na reunificação desse país em moldes católicos, o que tornou a cidade um centro de peregrinação e turismo.

Nara Aires destaca que no Piauí a religiosidade tem expressão, por exemplo, no Caminho de Santa Cruz dos Milagres. E na Semana Santa, em diversos eventos culturais que focalizam a encenação da Paixão de Cristo. Cidades como Floriano, Oeiras, Teresina, Bom Jesus e Esperantina já contam com vasta programação para o período.

Floriano: segunda cidade cenográfica do Nordeste
A segunda cidade cenográfica do Nordeste está em Floriano e, neste ano, a programação da Semana Santa na região foi ampliada com introdução do I Encontro de Pontos de Cultura, reunindo representantes dos Estados do Piauí, Ceará, Maranhão e Tocantins. Eles se reunirão de 9 a 12. Neste período, os pontos de cultura que trabalham com audiovisual e produção realizarão oficinas de câmera.

Nesse encontro, os pontos de cultura que trabalham com artes cênicas promoverão workshops aliando o teatro na encenação da Paixão de Cristo, no dia 11, com participação de artistas locais e dos atores da TV Globo, Guilherme Weber e Manuela do Monte.

Nara Aires disse que funciona na região o Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos, para capacitar artistas em artes cênicas e audiovisual através de cursos permanentes ministrados por profissionais nas respectivas áreas. O objetivo é estimular a produção, promoção, apresentação, distribuição e comercialização dos produtos culturais produzidos pelos pontos de cultura.

Cultura regional
Ela explicou que o primeiro passo para implantação do Pontão foi dado pelo Grupo Escândalo Legalizado de Teatro (Escalet) há 22 anos, quando criou a instituição. A atividade cultural do Escalet é parte do cenário artístico nacional, com a realização anual do espetáculo Paixão de Cristo. O Pontão passou a receber recursos do Governo Federal através do Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura.

O desempenho do Escalet, considerado excelente, fez com que o grupo passasse a Pontão da Cultura, promovendo o teatro tanto regional como nacionalmente. Nara Aires disse que o turismo promove o intercâmbio cultural. “Essa atividade, quando planejada, permite geração de emprego e renda, lazer e bem-estar, dando oportunidade para que cidades acolhedoras promovam interação entre visitantes e sua população”, afirmou.

Fonte: Secretaria de Turismo do Piauí

  
  

Publicado por em