O anjo mais querido da Bahia

Conhecer de perto a história de fé e dedicação da bem-aventurada Irmã Dulce dos Pobres é um dos bons motivos para ir a Salvador. Primeira celebração da beata será em 13 de agosto

  
  
Estão sendo investindos R$ 5 milhões na infraestrutura em torno do santuário Irmã Dulce

O anjo Bom da Bahia, como ficou conhecida a religiosa baiana, Irmã Dulce, receberá as primeiras homenagens oficiais como beata neste sábado. O Vaticano escolheu o dia 13 de agosto como o dia oficial para celebrar a vida de Irmã Dulce, que dedicou sua vida à população pobre da Bahia e foi beatificada em maio deste ano.

Desde o anúncio do Vaticano, o número de visitantes que vão ao santuário da beata, no bairro Largo de Roma, em Salvador, praticamente duplicou. Neste ritmo, o templo logo entrará para a lista dos mais importantes destinos religiosos do Brasil – ainda mais porque os católicos esperam, para breve, a canonização da freira. “Tivemos cerca de 40 mil visitantes em todo o ano de 2010. Alcançamos este número no primeiro semestre de 2011”, contabiliza Maria Rita Pontes, superintendente do Santuário Irmã Dulce.

O Ministério do Turismo (MTur) está investindo R$ 5 milhões na infraestrutura em torno do santuário. “Nesta primeira etapa, a pista que passa próxima ao santuário vai ser remanejada, abrindo mais espaço para a Praça Irmã. Haverá um estacionamento para os ônibus de turismo. Visitantes, romeiros e turistas terão uma área de circulação maior e, consequentemente, mais segurança”, explica Maria Rita.

Bem-aventurada
A programação começou em 4 de agosto, com uma novena, com missas todos os dias, às 19h. No dia 13, serão seis celebrações – a das 9h, missa solene, com o arcebispo primaz do Brasil, D. Murilo Krieger. No final do dia, uma procissão sairá do santuário, em direção à Basílica de Nosso Senhor do Bonfim.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em