Viaje quase de graça com Milhas Aéreas

Notícias > Turismo > Turismo religioso > 

Operadora de turismo religioso dá dicas para evitar golpes

Quando um passageiro fica satisfeito com a viagem ele se dispõe a dar referências da agência para tranquilizar possíveis clientes

12 de Dezembro de 2011.
Publicado por Vininha F. Carvalho  

Depois do ocorrido esta semana no Rio de Janeiro com o caso do estelionatário que vendeu 66 viagens que não existiam à Terra Santa, muitos pastores e irmãos sentem-se receosos em relação ao sonho de conhecer Israel.

Para muitos cristãos conhecer a Terra Santa é algo muito importante, mais que uma viagem, trata-se de uma realização espiritual.

Geralmente essas viagens são programas por muito tempo e as pessoas se privam de algumas necessidades para conhecer os caminhos de Jesus.

É importante que antes do fechamento da caravana o passageiro conheça o histórico da operadora ou agência. No caso do Rio de Janeiro, o responsável pela agência trazia antecedentes de golpes em outros estados.

Além disso, a agência não era especializada em turismo religioso, o que conta muito na organização. O pacote inexistente seria de uma viagem de 24 dias pela Grécia, Egito, Israel e Turquia, com conexão em Paris.

O custo médio para cada pessoa era de U$ 3672,00, valor muito inferior ao praticado pelo mercado quando se trata de uma viagem longa por esses locais.

Os passageiros costumam relatar que mesmo que a viagem aconteça, muitas vezes eles passam por problemas de itens de contrato não cumpridos, como hotelaria e passagem aérea. Em alguns casos, o cliente paga por um tipo de hotel e acaba ficando em um inferior ao contratado.

Com a companhia aérea os problemas são os mais diversos, como conforto, horários, conexões. Algumas passagens saem mais baratas em função de horários para chegada de madrugada, ou com conexões.

Em São Paulo está localizada uma das únicas operadoras focadas no turismo religioso. A Terra Santa Viagens está há mais de 20 anos na área do turismo e desde 2008 trabalha apenas com a formação de caravanas para Israel e outros locais importantes para os evangélicos. A empresa se destaca pela atenção às necessidades de cada cliente. No site da empresa os interessados podem conhecer a história e tirar todas as dúvidas.

A operadora disponibiliza um guia de dicas de viagem, além de uma cartilha para criação de caravanas com a liderança de pastores. O diretor da Terra Santa Viagens, Ricardo Caro, orienta aos passageiros se informarem com diversas operadoras, pois o recente golpe poderia ser evitado se houvesse uma pesquisa nos valores de mercado "Não se pode confiar no que é muito barato. Sempre aconselhamos nossos clientes a fazerem cotações com outras operadoras, conhecerem a empresa e ficarem atentos aos valores e a tudo o que está incluso na viagem, principalmente hotelaria e companhia aérea. Quase sempre eles voltam", diz.

Procurar contatos com clientes anteriores da operadora é sempre muito esclarecedor. Quando um passageiro fica satisfeito com a viagem ele se dispõe a dar referências da agência para tranquilizar possíveis clientes, como é o caso de Diógenes César dos Santos, que viajou em novembro com a família pela Terra Santa Viagens "Eu, minha esposa e minha filha agradecemos muito a Terra Santa Viagens por cumprir com todos os seus compromissos e nos ajudar a realizar o sonhos de nossas vidas".

Todos os cuidados devem ser tomados na escolha dessa parceria para que esse sonho não se torne um pesadelo, como no caso das 66 pessoas enganadas no Rio de Janeiro. O importante é não deixar de viajar devido a problemas como esse. Esse caso deve servir como exemplo pra que os passageiros não passem pelo mesmo tipo de golpe e sejam ao se deparar com preços mais baixos.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Daniela Sant´Ana / Priscila Pariz

Compartilhar nas Redes Sociais

Comentários


 

Veja também

Jornada Mundial da Juventude no Rio acontece entre 23 e 28 de julho de 2013João Pessoa cria presépio ecológico com material 100% reciclado

 

editar    editar    editar    0 visitas    0 comentários