Paratur promove pesquisa de demanda do Círio 2009

O trabalho tem como objetivo principal diagnosticar informações acerca do perfil deste turista que visita a cidade no período.

  
  

Nos dias 10 e 11 de outubro, a Companhia Paraense de Turismo (Paratur), em parceria com a Faculdade Pan Amazônica (Fapan) e Faculdade Ipiranga, promove Pesquisa da Demanda Turística do Círio de Nazaré 2009, ao longo do trajeto das procissões da festividade religiosa. Ao todo serão 40 pesquisadores fazendo o trabalho de campo em pontos estratégicos, como a Praça Santuário, Praça da República, dentre outros.

O trabalho realizado pelo Núcleo de Planejamento (NUP) da Paratur tem como objetivo principal diagnosticar informações acerca do perfil deste turista que visita a cidade no período e também sobre os serviços ofertados a esse visitante, abordando tanto aspectos quantitativos, quanto qualitativos.

Entre os principais dados estatísticos levantados estão número de turistas que participam do evento religioso, quais os principais mercados emissores, principal faixa etária, renda mensal, gasto médio, meio de hospedagem e de transporte mais utilizados, se existe desejo de retornar à cidade e/ou conhecer outros municípios próximos da capital, entre outros.

De acordo com o coordenador do NUP, Leonardo Guedes, a pesquisa permite identificar não somente o perfil desse turista ou visitante, mas principalmente sobre a qualidade dos serviços prestados. "Eles são questionados sobre serviços como transporte, alimentação e hospedagem, que é o tripé da atividade turística", afirma.

Círio 2008 - No ano passado, a pesquisa realizada pela Paratur constatou como maiores mercados emissores os Estados do Maranhão (17,9%), São Paulo (15,3%), Ceará (também com 15,3%), Rio de Janeiro (14,9%) e Amazonas (12,8%), principalmente na faixa etária entre 35 e 50 anos, com renda mensal de R$ 480,00 a R$ 1.560,00. O meio de hospedagem mais utilizado são as casas de amigos e parentes, com 54,7%; enquanto que a principal forma de transporte continua a ser o avião, com 38,7%, seguido de perto pelo ônibus, com 35,3%.

Segundo o estatístico da companhia, Admílson Alcântara, ao longo dos anos, independentemente das crises econômicas e financeiras, tem aumentado o número de romeiros e de turistas no Círio de Nazaré. "Com base nas pesquisas realizadas no Círio de 2008, estiveram em Belém aproximadamente 62 mil turistas, sendo em torno de 4 mil estrangeiros e 58 mil brasileiros, com um crescimento médio de anual de 3,5%", detalha.

Fonte: Agência Pará de Notícias

  
  

Publicado por em