Portugal se prepara para receber os peregrinos de Fátima

O fluxo de visitantes aumentou tanto, que o santuário passou a ser um grande complexo composto de vários edifícios e espaços para oração

  
  
Os estrangeiros que mais peregrinaram a Fátima de forma organizada em 2011 foram os espanhóis, seguidos pelos italianos e poloneses / Divulgação

Desde o início do século XX, o famoso santuário de Fátima, em Portugal, vem se transformando em um dos principais pontos de encontro de católicos.

Situada a pouco mais de 100 km de Lisboa e pertencente ao Distrito de Santarém, a localidade alcançou fama internacional graças a sua Virgem.

A partir de 1917, quando aconteceram as primeiras aparições na região, milhões de devotos de todo o mundo vêm, a cada ano, à Cova de Iría para homenagear a santa.

Assim, a história dos três pastorzinhos para quem a Virgem apareceu no dia 13 de maio para desvendar "os três mistérios de Fátima", transformou-se em um grande atrativo de fiéis para o santuário.

Hoje em dia, o fluxo de visitantes aumentou tanto, que o santuário passou a ser um grande complexo composto de vários edifícios e espaços para oração. Tamanha é a sua importância, que a região inteira se transforma, a cada ano, com a chegada dos peregrinos.

Assim, Fátima tem sido um grande estímulo para o turismo local e internacional, fazendo com que toda a região se prepare, todos os anos, para a chegada dos fiéis.

Em 2011, 3,5 milhões de pessoas - 117 mil a mais em relação ao ano anterior - assistiram as 2.537 missas oficiais e 2,93 milhões de pessoas - 192 mil a mais que em 2010 - estiveram presentes em outras celebrações oficiais do santuário.

Os estrangeiros que mais peregrinaram a Fátima de forma organizada em 2011 foram os espanhóis, seguidos pelos italianos e poloneses.

No ranking dos dez países com mais visitantes estão os fiéis de nacionalidades mais distantes, como Estados Unidos, Brasil, Ucrânia, Alemanha, Irlanda, Filipinas e França.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Caroline Melo

  
  

Publicado por em