Projeto Talentos do Brasil Rural aposta nas riquezas culinárias e belezas naturais

Além de apreciar a gastronomia tradicional, o turista visita uma região com serras, rios, açudes e sítios arqueológicos.

  
  

Uma paisagem formada por um bioma exclusivamente brasileiro, a caatinga, é cenário de um dos roteiros do Projeto Talentos do Brasil Rural, criado para fortalecer a relação entre a agricultura da familiar e o turismo.

O Sítio Santa Izabel, a dois quilômetros do município de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, revela um pouco da cultura e da produção do sertão potiguar.

Além de apreciar a gastronomia tradicional, o turista visita uma região com serras, rios, açudes e sítios arqueológicos.

A ideia do Sítio Santa Izabel com o Seridó Rural é proporcionar ao visitante uma boa conversa com os proprietários, junto a uma mesa farta de alimentos típicos da região.

A iniciativa é resultado de uma parceria entre os ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA), do Turismo (MTur) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Os agricultores familiares Francisco Alves Sobrinho e Maria Aparecida de Souza, ambos de 47 anos, abriram a propriedade há pouco mais de um ano para que os turistas experimentassem o sabor das comidas produzidas no sítio.

“A gente faz um café com prosa. O visitante vai provar pamonha, canjica, cuscuz com ovos e tudo mais o que é produzido por nós: mamão, melancia, queijo coalho e pão com manteiga”, explica Maria Aparecida.

Na propriedade, além de cultivar, o casal cria gado leiteiro. Do leite produzido, parte é comercializado nas indústrias locais, e a outra serve de matéria-prima para a produção de doces, queijos e manteiga de garrafa que são servidos aos visitantes.

“É uma forma da gente mostrar ao visitante que é possível conviver com a seca e, mesmo assim, ter qualidade de vida e produzir alimentos. Aqui na propriedade, recebemos muitos visitantes que querem ver e saber como é que conseguimos fazer tudo isso. É gratificante mostrar que, com apoio, temos boas condições de desenvolver um bom trabalho”, comemora Francisco.

Atrativo

De acordo com o diretor do Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Onaur Ruano, os produtos da agricultura familiar agregam valor à oferta turística.

“Dessa forma, as técnicas e os saberes tradicionais são valorizados e, além disso, os visitantes podem saborear alimentos saudáveis”, disse.

No total, fazem parte do roteiro do Seridó Rural dez empreendimentos. Entre eles, nove da agricultura familiar, que valorizam a identidade cultural da região, promovem a geração de emprego e renda, e agregam valor à produção de grupos locais.

As propriedades que foram mapeadas e apresentadas ao mercado turístico receberam consultoria especializada e apoio à comercialização.

Acesso

O Sítio Santa Izabel, que está no roteiro Seridó Rural, fica a 231 quilômetros do aeroporto de Natal. A partir da capital, o acesso pode ser feito pela BR 226 até Currais Novos, e pela BR 427 em direção aos municípios de Acari e Caicó. É recomendável ter um veículo para circular pelo roteiro.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em