Piquenique no Parque da Água Branca em São Paulo

O espaço com jeito de fazenda tem galos, galinhas, pintinhos e pavões soltos por suas ruelas. Além do mais, que tal preparar a cestinha e fazer um piquenique?

  
  
Parque da Água Branca

Unir o útil ao agradável é a proposta que o Parque da Água Branca tem a oferecer ao visitante. O espaço com jeito de fazenda tem galos, galinhas, pintinhos e pavões soltos por suas ruelas. Além do mais, que tal preparar a cestinha e fazer um piquenique? Algumas mesas e bancos de concreto estão disponíveis para a família desfrutar bons momentos e um bom lanche. E depois do almoço, no meio da tarde, um cafezinho cai bem. A Casa do Caboclo atrai os presentes com o cheirinho de café feito com coador de pano, à moda da vovó. Para acompanhar, nada melhor do que saborear uma cavaca, broa de milho assada na chapa do fogão a lenha e ao som da viola, aos sábados, domingos e feriados.

O espaço Leitura pra ler promove a leitura rápida por meio de livros (em quiosques) para os pequenos e adultos. Mais de 20 espécies de peixes de água doce vivem no aquário para visitação. O Museu de Geologia exibe pedras, rochas, fósseis de dinossauros, entre outros minerais. A alegria da criançada fi ca por conta dos dois playgrounds infantis.

Para manter a forma, há uma arena para aulas de equitação, trilha do pau-brasil com árvores identifi cadas e praça de exercícios para jovens e idosos. No Espaço de Xadrez estão distribuídas nove mesas, com os tabuleiros do jogo fi xos a elas. Monitores e professores especializados nesta modalidade esportiva estão disponíveis aos interessados. Uma rampa no local facilita o acesso de cadeirantes. O parque também desenvolve ofi cinas de educação e atividades dirigidas a escolas, oferecendo-lhes exposições itinerantes sobre temas como água e poluição.

Parque da Água Branca
Av. Francisco Matarazzo, 455 – Água Branca – São Paulo
Telefone (11) 3865-4130
Segunda-feira a domingo, das 6 às 22 horas
Ingresso: R$ 2 (aquário). Estão isentos crianças de até cinco anos, adultos com mais de 65 e escolas públicas (estas últimas devem agendar visita na administração do parque)
Classificação: livre

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em