Estradas do Litoral Sul da Bahia terão sinalização turística

Além das placas rodoviárias, a sinalização traz mapas ilustrados, placas de roteiros náuticos, áreas urbanas e de interesse turístico, com informações sobre os pontos turísticos.

  
  

A partir de agosto, uma nova sinalização indicativa começa a ser implantada em todo o Litoral Sul baiano, para facilitar a circulação de turistas na região. A medida vai viabilizar a colocação de 2.400 placas padronizadas, que terão início no trecho da BA-001, em Bom Despacho, e seguirão até a cidade de Belmonte. A ordem de execução do projeto, orçado em R$ 2,6 milhões, foi assinada nesta segunda-feira (27), pelo governador Jaques Wagner.

A iniciativa integra o Programa de Desenvolvimento do Turismo – Prodetur 2, e tem prazo de conclusão previsto para dez meses. Serão 1.280 placas espalhadas pela Costa do Dendê, outras 930 na Costa do Cacau e as 190 restantes em áreas complementares, beneficiando um total de 18 cidades.

Além das placas rodoviárias, a sinalização traz mapas ilustrados, placas de roteiros náuticos, áreas urbanas e de interesse turístico, com informações sobre os pontos turísticos.

Jaques Wagner ressaltou que, além de atender às necessidades de deslocamento e acessibilidade, a nova sinalização vai oferecer informações adicionais sobre as comunidades contempladas. “Vamos aumentar a quantidade de turistas que desejam interagir com a cidade, com a culinária, com a dança regional. Precisamos fazer as histórias brotarem desses locais, precisamos rechear nossos destinos turísticos com conteúdo. As placas são apenas um pequeno e importante passo para isso”, comentou Wagner.

Entre as cidades beneficiadas pela ação, estão conhecidos pontos turísticos como Camamu, Itacaré, Ilhéus e Itaparica. O secretário de Turismo, Domingos Leonelli, destaca que a iniciativa também contempla localidades fora dos eixos tradicionais, como Ituberá, Una e Vera Cruz. “Pretendemos melhorar a qualidade do serviço que oferecemos, sobretudo, o turismo rodoviário, sem esquecer de contribuir para a expansão e a interiorização do turismo em geral. Nosso estado é o único com 13 destinos consolidados e não podemos deixar de desenvolver tamanha diversidade”, disse Leonelli, afirmando que uma nova licitação está em processo para contemplar a Chapada Diamantina e o Litoral Norte com a mesma medida de sinalização.

Entre os representantes do segmento turístico, a iniciativa foi recebida com aprovação. “Os turistas têm dificuldade de locomoção, a falta de sinalização dificulta a localização de tudo. A ação é muito importante para o turismo regional”, comentou o presidente da Associação Baiana da Indústria de Hotéis, Ernani Pettinati. O presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Pedro Costa, completou afirmando que o projeto “será muito importante também para o incentivo do turismo interno”.

Fonte: Secretaria de Turismo da Bahia

  
  

Publicado por em